O Melhor e O Pior de 2012 – Parte 2

O Melhor e O Pior de 2012 – Parte 2

Continuando a retrospectiva aqui do blog com os melhores e piores no cinema, em um ano em que acabei vendo muita coisa e muita atuação surpreendente, como eu já falei este ano em uma das colunas aqui do blog, as mulheres se destacaram mais nos filmes que vi do que os homens, apesar de que neste segundo semestre vi ótimas atuações masculinas, mas ainda mantenho o que disse no fim do ano passado, o cinema em 2012 foi totalmente delas.

A atuação mais impressionante que vi este ano foi da inglesa Tilda Swinton no polêmico Precisamos Falar de Kevin, a atriz encarnou a dor de uma mãe de uma forma tão espetacular que chegava a ser dolorido para quem assistia ao filme, foi uma atuação tão sincera que foi o que fez de Precisamos Falar de Kevin um filme simplesmente imperdível.

1. Tilda Swinton em Precisamos Falar de Kevin
2. Glenn Close em Albert Nobbs
3. Michelle Williams por Sete dias com Marilyn
4. Viola Davis em Histórias Cruzadas
5. Janet McTeer em Albert Nobbs
6. Octavia Spencer em Histórias Cruzadas
7. Meryl Streep em A Dama de Ferro
8. Carey Mulligan por Shame
9. Michelle Williams por Namorados para Sempre
10. Naomi Watts por O Impossível

A lista acima é bem diversificada, tem atriz da nova geração e atrizes já consagradas, mas uma atriz vem realmente ganhando força com seu talento e principalmente pelas suas escolhas na telinha,  Michelle Williams, a atriz vem deixando claro que quer sempre algo maior e que tire dela algo que ela ainda não fez, tanto que nos dois filmes que ela aparece aqui na lista suas atuações são completamente diferentes e impressionantes, dando a impressão de tratar-se de duas atrizes diferentes.

Ainda destaco  a evolução de Jennifer Lawrence em Jogos Vorazes, pois a jovem atriz (lembrada para Oscar pelo ainda inédito O Lado Bom da Vida) não tem medo das suas escolhas e vai em frente na carreira cada vez mas promissora, outra boa surpresa no ano foi o elenco feminino de Histórias Cruzadas, além das duas citadas acima é necessário destacar Jessica Chastain e Bryce Dallas Howard, aliás, Jessica Chastain também é uma das indicadas ao Oscar em 2013 pelo, também inédito, A Hora Mais Escura.

Outros bons destaques nos filmes que vi foram Meryl Streep em Divã Para Dois, Emma Thompson por Mais Estranho que a Ficção, Shailene Woodley por Os Descendentes, a Bérénice Bejo por O ArtistaMarion Cotillard, no ótimo Até a Eternidade (filme de 2010 que só chegou por aqui em 2012), assim como Keira Knightley e todo seu sofrimento em Um Método Perigoso.

Na próxima parte desta retrospectiva vou falar dos atores, que também nos reservaram bons momentos, não no mesmo patamar do que vi nas atrizes, muitas vezes porque o papel que estas atrizes aqui escolheram foram sempre papéis difíceis e complicados.

Abraços,
André C.

One thought on “O Melhor e O Pior de 2012 – Parte 2

  1. […] 2012 – Parte 3 January 30, 2013   Andre C.   Ninguém Viu! No último post eu falei sobre as mulheres no cinema me 2012, agora vou falar daqueles atores que tiveram um […]

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts