12 Horas

12 Horas

A estréia do diretor brasileiro Heitor Dhalia no cinema americano deixou a desejar, bem diferente do seu último filme aqui no Brasil (À Deriva) o seu primeiro filme no EUA é um amontoado de trivialidades comuns aos filmes de suspense, sem nenhuma grande inovação e que no final só dá pequenos sustos, estes também comuns aos filmes do gênero. A culpa no fundo não é de Heitor Dhalia, mas sim do fraco e previsível roteiro de Allison Burnett (Banquete do Amor) que usa de ideias repetidas para filmes sobre sequestro…

Les Miserábles – 2012

Les Miserábles – 2012

No fim do ano chegará aos cinemas mais uma versão dos Lés Misérables, de Victor Hugo, com aquele cheiro de Oscar no ar, já que esta mega produção vem recheada de astros. O drama musical do diretor Tom Hooper (O Discurso do Rei) conta no elenco com nomes como Russell Crowe, Anne Hathaway, Hugh Jackman, Sacha Baron Cohen, Helena Bonham Carter, Amanda Seyfried, Samantha Barks e Eddie Redmayne.

O Preço da Traição

O Preço da Traição

O Preço da Traição é um filme que tenta ser várias coisas, mas nunca consegue chegar realmente ao seu objetivo. O filme tenta ser sensual, tenta ser ousado, tenta ser erótico, tenta ter uma trama envolvente, tenta surpreender o espectador e por final tem atores que tentam tirar o filme do marasmo, mas também não conseguem. O filme do diretor Atom Egoyan em nenhum momento consegue chegar aos objetivos que se propõe e vira uma obra fraca, previsível e que chega a dar pena do esforço de atores como Julianne…

Piores de 2011

Piores de 2011

Mais um ano vai chega ao fim e o blog mesmo parado viu alguns filmes, séries e shows que merecem estar nesta pequena lista de Top 10 de 2011, talvez muitos não concordem com ela, mas aí vai uma pequena opinião deste blogueiro que pretende em 2012 voltar a se dedicar mais ao blog. Lembro que na minha lista valem todos os filmes que vi em 2011, não precisa ser apenas filmes lançados neste ano, podem aparecer nela até mesmo filmes mais antigos e que foram vistos ou revistos no…

A Garota da Capa Vermelha

A Garota da Capa Vermelha

É impossível você não comparar A Garota da Capa Vermelha com Crepúsculo, uma vez que a Catherine Hardwicke parece que pegou a mesma direção de arte, o mesmo manual e fez um filme seguindo o roteiro igualzinho, tomadas aéras, 2 aspirantes a galãs brigando por o amor de uma menina e um suspense que não engrena. Bem, a melhor coisa de A Garota da Capa Vermelha são os belíssimos olhos azuis da Amanda Seyfried, aliás, a diretora usa e abusa em closes dos olhos da atriz, que ainda precisa mais…