12 Horas

12 Horas

A estréia do diretor brasileiro Heitor Dhalia no cinema americano deixou a desejar, bem diferente do seu último filme aqui no Brasil (À Deriva) o seu primeiro filme no EUA é um amontoado de trivialidades comuns aos filmes de suspense, sem nenhuma grande inovação e que no final só dá pequenos sustos, estes também comuns aos filmes do gênero.

A culpa no fundo não é de Heitor Dhalia, mas sim do fraco e previsível roteiro de Allison Burnett (Banquete do Amor) que usa de ideias repetidas para filmes sobre sequestro e vingança, sem dar ao filme nenhum diferencial, uma vez que vemos na tela os suspeitos de sempre: o namorado, o policial que some na hora H, o vizinho misterioso e diversos homens de capuz que vivem cruzando o caminho da heroína vivida por Amanda Seyfried.

Some a tudo isso, a toda esta coisa comum o fato de os diálogos serem sem nenhuma alma, sem nenhuma originalidade e ainda ao fato de que parece que todo mundo tem todas as informações necessárias para que a personagem de Amanda Seyfried chegue ao suspeito de rapto, aliás, tudo isso acontece em 12 horas com grandes perseguições de carro e uma polícia totalmente despreparada.

Bem, com um roteiro deste, Heitor Dhalia fez o máximo que pode, destaque para s belas tomadas da floresta e a uma boa fotografia, e ainda ao fato de ter tirado da atriz Amanda Seyfried uma boa atuação, algo que eu ainda não tinha visto, e por em certos momentos até criar um certo suspense, porém isso é muito fraco para salvar o filme que nasceu de uma ideia comum e terminou mais comum ainda.

Até,
André C.

12 Horas (Gone – 2012)
Sinopse: Jill Parrish foi sequestrada por um psicopata e jogada num buraco com outras gartoas. Jill foi a única sobrevivente, mas como o assassino não deixou pistas, a polícia não acredita muito no que a jovem diz. Isso se torna um grande problema quando Jill volta para casa depois do trabalho e encontra a cama de sua irmã vazia. Certa de que ela tenha sido raptada pelo mesmo serial killer e sem contar com a ajuda policial, Jill parte sozinha na busca pela irmã.
Direção: Heitor Dhalia
Roteiro: Allison Burnett
Elenco: Amanda Seyfried (Jill), Daniel Sunjata (Powers), Jennifer Carpenter (Sharon Ames), Sebastian Stan (Billy), Wes Bentley (Peter Hood), Emily Wickersham (Molly), Joel David Moore (Nick Massey) e Katherine Moennig (Erica Lonsdale).

Nota Filme: 1.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts