True Blood – Nothing But The Blood

True Blood – Nothing But The Blood

true_blood

True Blood voltou e eu admito que estava com saudades dos créditos iniciais ao som de Jace Everett e sua Bad Things.

I don’t know who you think you are,
But before the night is through,
I wanna do bad things with you.
I wanna do real bad things with you.

Mas a série que foi surpresa na temporada passada teve um início de segunda temporada normal. Um episódio padrão True Blood, com erros e acertos, cara de mistura de filme B com série mexicana, mas que mesmo assim continua fazendo a gente querer assistir. Ainda não entendi o que passa comigo e com a série, mas continuo firme e forte e viciado nela.

O episódio serviu para recolocar todos no trilho para uma nova temporada. Foi mais para relembrar algumas coisas da primeira temporada, e para usar e abusar da sensualidade meio infantil de Anna Paquin, que aqui novamente nua, quase que completamente como veio ao mundo.

O que achei bacana é que pode ser que Sookie realmente perceba um lado bem vampiresco no quase humano Bill e na sua relação com a “criatura” de Bill. Além, é claro do Jason querendo se converter.

Ponto fraquíssimo do episódio foi o momento politicamente correto do Eu Reciclo, Meu nome é Bill!

Fique com os crédtios no Youtube

Até,
André C.

Para saber mais do True Blood e a primeira temporada, clique aqui!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts