The Walking Dead – Better Angels

The Walking Dead – Better Angels

No meu último post sobre The Walking Dead, lá em novembro de 2011, falei que a série tinha conseguido pegar um caminho mais complicado, invés de querer dar sustos baratos e usar os zumbis para arrepiar os telespectadores, a série preferiu tratar de um assunto um pouco mais psicológico, onde tentava colocar o telespectador frente a frente com seus sentimentos, sentimentos este que podem ser do mais completo amor até o mais animalesco na luta pela vida.

E realmente a série manteve este foco, os zumbis continuam lá, mas a série coloca seus personagens em situações onde a humanidade que resta neles entra em confronto pela sobrevivência, a lei do mais forte começa a prevalecer, pois o importante é criar grupos fortes e que lutem pela vida, mas e dentro do próprio grupo? E foi exatamente isso que vimos nesta segunda parte da série, agora em 2012, além de colocar os personagens em momentos tensos de vida e morte, os roteiristas criaram este desafio, estas perguntas dentro do próprio grupo.

Dois personagens, ou melhor, três personagens foram o grande foco nesta luta entre razão, sobrevivência, guerra e paz. Enquanto Rick (Andrew Lincoln) fica em cima do muro entre o certo e errado e tem um conflito com sua humanidade, em alguns momentos ele mostra que é capaz de atos totalmente diferentes da sua personalidade para sobreviver, mas depois coloca estes atos em uma balança com a sua consciência, a sua razão.

Por outro lado temos Dale (Jeffrey DeMunn) que sempre luta para mostrar as pessoas do grupo que a vida ainda poderá ter algo de bom, totalmente contra a violência contra os vivos, contra suicídio e contra qualquer manifestação de que torne o grupo mais distante, ou melhor, que o grupo se quebre. Dale sempre luta pela humanidade em cada uma das pessoas que o cercam, tenta sempre abrir os olhos de todos para a razão, para a esperança e que todos, assim como ele, enxerguem um futuro sem desgraças.

Totalmente oposto a Dale está o melhor amigo de Rick, Shane (Jon Bernthal), que apesar de sempre ter lutado pelo grupo, ter ajudado o grupo, perdeu seu rumo ao perder a esperança no amor e na vida. Shane sempre foi o mais forte do grupo, aquele que era destemido e que tentava proteger a todos, mas a sua razão começou a perder espaço para a força da sobrevivência e começou a agir por impulso. Shane diferente de Dale é totalmente desacreditado na humanidade e acredita que a lei do mais forte, do que tiver mais preparado é a única saída para a sobrevivência do grupo. Os mais fracos, sejam externos ao grupo ou internos, devem ficar para trás.

Para evitar surpresas, se você ainda não viu na FOX o penúltimo episódio (foi ao ar ontem 13/032012), pare de ler aqui. Ok? No próximo parágrafo retomarei o meu comentário no parágrafo abaixo.

Com estes três personagens e como eles interagiam com os outros, fazendo que eles tomassem decisões ou pensassem em suas decisões foram os melhores momentos desta temporada, que chega a seu penúltimo capítulo em um momento crucial para o ano que vem. A morte de Dale e Shane coloca a série num caminho que considero perigoso, apesar de termos outros personagens importantes, os dois, junto com o Rick, eram aqueles que mais traziam opiniões para o grupo e mexiam com os outros, as mortes prematuras (em minha opinião) de ambos e o fato de que nem todos precisam ser arranhados ou mordidos para virar Zumbi podem levar a série na próxima temporada para um terror fácil e barato, abusando de zumbis assustadores, morte, sangue e de momentos de ação.

The Walking Dead sempre soube dosar muito bem terror visual e terror psicológico e por isso tem fãs das diversas áreas, eu particularmente, como dá para perceber, sempre gostei deste terror mais psicológico, nesta relação entre todos do grupo na luta pela sobrevivência, e espero que mesmo com a saída de 2 personagens importantes e com a descoberta de que está mais fácil virar zumbi não atrapalhe a terceira temporada. E que venha o último episódio de uma temporada muito boa e surpreendente.

Até,
André C.

Canal EUA: AMC
Canal Brasil: FOX
Temporada: Segunda
Ultimo Episódio: Better Angels
Criador:Frank Darabont

Elenco Fixo: Andrew Lincoln (Rick Grimes), Jon Bernthal (Shane Walsh), Sarah Wayne Callies (Lori Grimes), Laurie Holden (Andrea), Jeffrey DeMunn (Dale Horvath), Steven Yeun (Glenn), Chandler Riggs (Carl Grimes), IronE Singleton (T-Dog), Norman Reedus (Daryl Dixon), Melissa Suzanne McBride (Carol Peletier), Madison Lintz (Sophia Peletier) e Lauren Cohan (Maggie Greene).

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts