Grey’s Anatomy – A Change is Gonna Come

Grey’s Anatomy – A Change is Gonna Come

Sinopse da Série: Meredith é uma jovem cirurgiã no Seattle Grace Hospital, onde há o mais rígido programa para residentes de Harvard. Ela e seus colegas Cristina Yang, Izzie Stevens, George O’Malley e Alex Karev, que também são residentes, eram estudantes até pouco tempo. Hoje, eles são médicos em um mundo onde o aprendizado pode ser uma questão de vida ou morte, e ainda precisam lidar com os problemas de suas vidas pessoais, amorosos, familiares e médicos. O título do seriado é uma brincadeira com Gray’s Anatomy (A Anatomia por Gray), o famoso livro de anatomia de Henry Gray.

Canal EUA: ABC
Canal Brasil: Sony
Temporada: Quarta
Episódio: 1
Data de Exibição EUA: 27/09/2007

Elenco: Ellen Pompeo (Dra. Meredith Grey), Sandra Oh (Dra. Cristina Yang), Katherine Heigl (Dra. Isobel ‘Izzie’ Stevens), Justin Chambers (Dr. Alex Karev), T.R. Knight (Dr. George O’Malley), Chandra Wilson (Dra. Miranda Bailey), James Pickens Jr.(Dr. Richard Webber), Patrick Dempsey (Dr. Derek Shepherd), Isaiah Washington (Dr. Preston Burke), Kate Walsh (Dra. Addison Montgomery-Shepherd), Sara Ramirez (Dr. Callie Torres) e Eric Dane (Dr. Mark Sloan)
__________________________
Não vejo esta série porque gosto, mas porque minha namorada adora, e o André, acreditem, vê esta novelinha melosa e cheia de coisa de menininha, mas já que eu vejo, vou comentar.
Nunca entendi porque todos se apaixonam pela Dra. Grey, mas pelo jeito a quarta temporada ainda vai ter gente se apaixonando por ela, tudo bem, eu confesso, adoro a voz dela narrando a história.
Primeiro episódio que tentou explicar a demissão do Dr. Burke, uma das melhores coisas da série, gostava do cara. A Michelle odiava, mas eu gostava, o cara é daqueles que se acha, e pior, podia se achar.
Não aconteceu nada de novo, só aquelas lições de moral normal da série.

Abraços,
Alexandre Q.
___________________________
A quarta temporada começou com o melhor da série, a grande Sandra Oh. O fato de ter que explicar o sumiço total do Dr, Burke vai fazer com que a Sandra Oh ganha ainda mais destaque, e esta grande atriz merece.
A série lidou bem com este lado, do amor e da perda deste amor ou naquela falta de coragem de dizer o quanto ama uma pessoa.
Reclamam que na série os pacientes sempre dão uma lição nos médicos, mas se a série de médicos não mostrar algo dos pacientes, perde o sentido de ser no hospital. Está certo que os pacientes sempre mentem como diria Dr. House.
Quem gosta da série, vai sentir falta do Burke e da Addison, mas a série tende a ficar boa, claro com altos e baixos, mas com o bom nível.

Até,
André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts