Oscar 2013: Melhor Curta de Animação

Oscar 2013: Melhor Curta de Animação

Infelizmente esta categoria possui filmes que dificilmente chegam por aqui, alguns até passam antes de outro filme, como Paperman da Disney que passou nos cinemas daqui antes do Detona Ralph, porém este é um caso raro de filmes de animação de curta metragem que chegam até aqui, mas com produções cada vez mais bonitas e precisas, estes filmes merecem destaque no Oscar, e os indicados este ano são.

O primeiro concorrente é Adam and Dog de Minkyu Lee, que é um curta de um pouco mais de 13 minutos que nos leva para o Jardim do Éden quando Adão encontra um cachorro, e assim surge a primeira amizade entre um cão e um homem. O filme, entre os concorrentes, é o que apresentas as mais belas imagens em minha opinião, principalmente porque usa e abusa de paisagens de campo, que em alguns momentos parecem quadros pintados. Com certeza um forte candidato, já que é um belíssimo trabalho.

E os Simpsons, com Maggie como a personagem principal, também estarão na festa do Oscar com curta Maggie Simpson in “The Longest Daycare” de David Silverman e com toda a turma de Matt Groening no comando do roteiro e da animação. O filme segue a luta da pequena Maggie para salvar uma lagarta/borboleta dentro da escola. O filme é muito interessante, e tem o mesmo padrão da TV e tem uma belíssimo desfecho com uma bela trilha sonora, mas me parece o mais fraco dos concorrentes.

O terceiro concorrente é o favorito Paperman da Disney e com direção de John Kahrs, que é uma animação belíssima em Preto e Branco e com traços belíssimos de uma animação em 2D, aliás, o jogo de luz, sombra e os traços dos personagens ficam ainda mais impressionantes com o preto e branco, ainda mais para quem é fã da fotografia em preto e branco. O filme segue o padrão Disney, onde um casal se apaixona apenas pelo olhar, mas apenas o destino, aqui em forma de aviões de papel, poderá unir novamente aquele casal.

Fresh Guacamole do diretor PES é o mais curioso destes filmes, pois além de ser o mais curto, é o mais original ao usar objetos inusitados para criar um Guacamole, na verdade o filme é uma receita de guacamole usando os mais diversos objetos para a criação. O filme apresenta um belíssimo jogo de cores, stop motion e tem uma bela qualidade de som, que dá ainda mais destaque a obra.

O último concorrente é o mais sério dos curtas, é o inglês Head Over Heels de Timothy Reckart conta a história de Walter e Madge que após anos de casamento estão completamente afastados e isolados, mas vivendo em equilíbrio, porém ao tentar retomar o casamento Walter tira o equilíbrio da vida deles, mas o filme prepara um belo final através de Madge. O filme foi feito em stop motion por 11 animadores que o desenvolveram por 15 meses para o curso de animação, resumindo, o filme na verdade é o filme de graduação dos formandos da National Film & Television School, da Inglaterra.

O favorito com certeza é Paperman, até porque tem a força da Disney por trás e realmente é um belíssimo curta em preto e branco, porém são todos bons filmes, talvez a Academia possa surpreender e escolher o inglês Head Over Heels que é o mais adulto e no fundo mais tocante de todos eles, acredito que o Simpons é o o azarão da categoria, pois apesar de ser muito bacana é o mais fraco deles.

Apesar de ter gostado muito de Paperman, vou ficar na torcida pelo Head Over Heels, pois é o bastante original e te uma mensagem mais adutla, porém acho que a academia irá mesmo de Paperman.

Até agora a minha lista de preferidos ao Ocar está assim: As Aventuras de Pi com 2 prêmios (Efeitos Visuais e Direção de Arte), Django Livre com 2 prêmios (Fotografia e Edição de Som), Os Miseráveis com 1 Oscar (Figurino), Argo com 2 estatuetas (Montagem e Trilha Sonora), 007 – Operação Skyfall com 1 estatueta (Mixagem de Som), Hobbit também com 1 Oscar (Maquiagem) e Head Over Heels como melhor curta de animação.

E minha lista de palpites sobre como será a noite do dia 24/02 está assim: As Aventuras de Pi com 3 estatuetas (Efeitos Visuais, Fotografia e Direção de Arte), Anna Karenina com 2 prêmios (Figurino e Trilha Sonora), Argo com 2 estatuetas (Montagem e Edição de Som), Os Miseráveis com apenas 1 Oscar (Mixagem de Som), Hobbit com 1 Oscar (Maquiagem) e Paperman como melhor curta de animação.

Até,
André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts