Truque de Mestre

truquedemestre

Nem sempre um ótimo elenco e uma boa sinopse seguram um filme durante sua exibição, e isso é algo que acontece aqui em Truque de Mestre, que não começa a todo vapor, mas passa por muitos altos e baixos e, apesar de um final improvável, o filme não deixa saudades.

Primeiro o elenco, sim temos grandes nomes, mas Michael Caine, e Mélanie Laurent são pessimamente aproveitados no filme, em papéis sem nenhum momento marcante ou que dê realmente algo ao filme, uma pena pois um é um consagrado ator e a outra é uma belíssima atriz com um talento invejável. Aliás, podemos colocar até Morgan Freeman nessa sacola dos que não foram aproveitados, uma vez que seu papel, apesar de mais importante e presente que dos outros dois, é um papel que sempre parece que vai, mas não vai, faltando na verdade conteúdo.

O resto do elenco vai bem, Woody Harrelson não inova, mas tira um pouco do marasmo quando está na tela ao lado do cansativo Jesse Eisenberg e do demais elenco, que não compromete, Ainda temos um Mark Ruffalo tentando dar um pouco mais de substância ao seu detetive.

Bem, falei ali em cima que acho que o filme tem muitos altos e baixos, realmente o roteiro é separado no 3 atos de um grande show de mágica, sendo que o primeiro ato é realmente o melhor, pois traz o espectador para dentro do filme com um belíssimo visual e com uma dinâmica muito boa, porém o filme perde um pouco a mão no caminho para o segundo ato e principalmente para o terceiro.

Na verdade acho que o roteiro é um pouco vazio e acaba indo para o caminho dos clichês, gerando até furos e perguntas para quem assiste, como por exemplo porque tais mágicos aceitaram largar tudo se não sabem para onde vai tal plano, o que eles ganham com aquilo já que fica evidente que eles não ficam com os lucros do negócio. Tudo bem que no final o roteiro explica em partes algumas decisões, mas daí já é tarde e até seu fim imprevisível (dá para sacar só um pedaço do que acontecerá), parece forçado e exagerado, culpa de um filme que precisou se arrastar nas cenas finais, ou melhor no ato final.

Não gosto de cometer spolier, mas aí vai um e fica por sua conta e risco continuar lendo. Será que não existia uma maneira mais simples e fácil de bolar uma vingança? Será que precisava criar um grupo de mágicos e dando chance ao acaso (que aqui por não existe)? Ainda teria outras perguntas, mas estragaria o final de quem continuou lendo.

Um Truque de Mestre até é um bom filme em alguns momentos, mas não consegue nada mais do que isso.

Até,
André C.

Truqe de Mestre (Now You See Me – 2013)
Sinopse: Quatro ilusionistas são selcionados por uma pessoa anônima e criam um show de mágica dividido em 3 atos para cometer assaltos e distribuir os lucros com o público.
Direção: Louis Leterrier
Roteiro: Ed Solomon, Boaz Yakin, Edward Ricourt, Boaz Yakin e Edward Ricourt
País: EUA
Duração: 115 minutos
Elenco: Jesse Eisenberg (J. Daniel Atlas), Mark Ruffalo (Dylan Rhodes), Woody Harrelson (Merritt McKinney), Isla Fisher (Henley Reeves), Dave Franco (Jack Wilder), Mélanie Laurent (Alma Dray), Morgan Freeman (Thaddeus Bradley), Michael Caine (Arthur Tressler) e Michael Kelly (Agent Fuller (as Michael J. Kelly)

Nota Filme 2.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts