O Orfanato (El Orfanato)

O Orfanato (El Orfanato)

el_orfanato.jpgSinopse: Laura (Belén Rueda) retorna à casa onde fora criada e decide transformá-la em um orfanato. Problemas começam quando o filho de Laura começa a fazer amigos imaginários. A nova vizinhança desperta a imaginação de seu filho, que começa a se deixar levar por jogos de fantasias cada vez mais intensos. Estes jogos vão inquietando Laura até um ponto que chega a pensar que existe algo na casa que está ameaçando sua família. A escalada de estranhos acontecimentos farão com que ela busque a ajuda de parapsicólogos.
 
Título Original: El Orfanato
Gênero: Terror/Suspense
País: México/Espanha
Tempo de Duração: 100 minutos
Lançamento no EUA: 28/12/2007
Lançamento no Brasil: 07/03/2008
Direção: Juan Antonio Bayona
Roteiro: Sergio G. Sánchez

Elenco: Belén Rueda (Laura), Fernando Cayo (Carlos), Roger Príncep (Simón), Mabel Rivera (Pilar), Montserrat Carulla (Benigna), Andrés Gertrúdix (Enrique), Edgar Vivar (Balaban), Óscar Casas (Tomás), Mireia Renau (Laura Criança) e Georgina Avellaneda (Rita).
___________________________
Não sou um grande fã de filmes de terror, daqueles de mortes estúpidas, tipo Sexta-Feira, Hora de Pesadelo, mas este parecia ser mais um daqueles “terror cabeça”, com suspense, fantasma e muito mistério. Porém, terminei de assistir um filme com uma sensação de já vi este filme, bem, o filme que me veio na cabeça foi Os Outros.
Acho que muitas pessoas devem ter tido a mesma impressão ao final do filme, gente vivendo numa casa, onde fantasmas ainda vivem, como se nada tivesse mudado, só que aqui, a gente vê o lado das pessoas, em Os Outros, vemos o lado dos fantasmas.
Tem alguns sustos, algum mistério, por causa do sumiço do menino, mas passa longe de ser um grande filme de terror.
Interessante é ver o Seu Barriga, Edgar Vivar, sem o Chaves e Cia. E a bela e talentosa Belén Rueda num papel que faz com que o filme tenha alguns bons momentos.

Até,
André
___________________________
Fui ver este filme sozinho, com amigos, pois a Michelle odeia filmes de Terror, e este estava muito bem recomendado, falado e eu fui achando que seria mais um daqueles terrores, tensos, sem aquele sangue escorrendo para lá e para cá, mas daqueles que quem não gosta, não conseguiria fechar os olhos para dormir de tão tenso que seria. Grande, mas gigantesco engano. Foi lamentável, ver um filme que não dá susto, tem um suspense meio brega e termine com a gente pensando: Ah! Era isso!
Só para quem realmente gosta de ver qualquer filme de terror, apesar que o terror neste filme é ter que assistir um dia de novo.

Abraços,
Alexandre Q.

One thought on “O Orfanato (El Orfanato)

  1. Andrea

    Lamentável é a burrice em alguns comentários. Gente que acha que filme tem que ter sangue, não sabe tirar nada do filme a não ser aquilo que está escancarado. O filme é mais um suspense, não esperem terror mortal!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts