Dr. Fantástico (Dr. Strangelove or How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb)

Dr. Fantástico (Dr. Strangelove or How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb)

drfantastico
Sinopse: Enlouquecido pela Guerra Fria, um general acredita que ficou impotente devido à sabotagem comunista dos reservatórios de água e por isso ordena um ataque nuclear à União Soviética. Dirigido por Stanley Kubrick (Lolita) e com Peter Sellers e George C. Scott no elenco. Recebeu 4 indicações ao Oscar
 
Título Original: Dr. Strangelove or How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb
Gênero: Comédia
País: Inglaterra
Tempo de Duração: 90 minutos
Ano: 1964
Direção: Stanley Kubrick
Roteiro: Stanley Kubrick, Terry Southern e Peter George, baseado em livro de Peter George

Elenco: Peter Sellers (Capitão Lionel Mandrake / Presidente Merkin Muffley / Dr. Fantástico), George C. Scott (General “Buck” Turgidson), Sterling Hayden (Brigadeiro Jack D. Ripper), Keenan Wynn (Coronel “Bat” Guano), Slim Pickens (Major T.J. “King” Kong), Peter Bull (Embaixador Alexi de Sadesky), James Earl Jones (Tenente Lothar Zogg) ,Tracy Reed (Srta. Scott), Jack Creley (Sr. Staines), Frank Berry (Tenente H.R. Dietrich), Robert O’Neil (Randolph), Glenn Beck (Tenente W.D. Kivel), Roy Stephens (Frank) e Shane Rimmer (Capitão G.A. “Ace” Owens).
___________________________
Finalmente vi e entendi porque figura na lista dos melhores filmes já feitos. Uma aula de humor negro. É espetacular. Com atuações espetaculares do Peter Sellers e do George C. Scott. Uma sátira luxuosa e cheia de malícia aos anos de Guerra Fria (até um ex-conselheiro do Hitler aparece aconselhando o EUA), sem dizer que ainda faz humor com o mundo machista da época. Simplesmente uma obra prima do talentoso, louco e mestre Stanley Kubrick. Para mim, junto com Laranja Mecânica (sua maior obra prima) o melhor dele.
Peter Sellers simplesmente perfeito, faz 3 personagens totalmente diferentes, admito que fiquei com dúvidas se o presidente era ele, mas sim é.
George C. Scott está mais do que perfeito no papel do General que odeia os comunistas.
O filme é de 40 anos atrás, mas é atual ainda, troquem os comunistas por terroristas, sem dizer que em várias cenas vemos um painel dizendo: Paz é nossa profissão, ou seja, o que o governo americano sempre prega, fazendo guerra para garantir a paz! Uma forma sutil de criticar a guerra de qualquer forma que seja.

Até,
André C.
___________________________
Bem. Estes dias falei aqui que tem filmes que com 5 minutos quero desligar, esse foi um destes. Que filme sem nada que se aproveite, uma critica a Guerra Fria?! Legal, uma comédia sobre isso, mas existem horas que parece que gostaria de ser filme sério, sem dizer que é confuso em alguns momentos.
Tudo bem, é um clássico, mas esperava bem mais. Veja mais pela curiosidade da história do filme, mas só confirmei que o Kubrick é realmente louco.

Abraços,
Alexandre Q.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts