Lula, O Filho do Brasil

Lula, O Filho do Brasil

Fiquei extremamente decepcionado com Lula, O Filho do Brasil, tão decepcionado como fiquei quando o PT assumiu o poder e se mostrou farinha do mesmo saco de todos os políticos brasileiros e praticamente sugaram a esperança de um Brasil diferente, com menos roubo e mais seriedade.

Lula, O Filho do Brasil, não é apenas uma propaganda política para o presidente Lula e para a sua candidata ao governo, Lula, O Filho do Brasil é uma tentativa furada de se fazer emocionar e de chorar. Falta ao filme seriedade, roteiro, sinceridade e o carisma.

O filme começa muito bem, principalmente pela presença de Glória Pires, o grande nome do filme, mas depois o filme se alonga e dá voltas em cima das mesmas coisas, por exemplo, a juventude do Lula, que são mudanças importantes, mas acabam ficando repetitivas e cansativas, prejudicando o que esperamos do filme.

E o que esperamos do filme não é ver a vida sofrida do presidente, nós sabemos boa parte deste trajeto e acho que uns 30 minutos de filme seriam suficientes para nos levar para o Lula operário e então mostrar como um trabalhador normal virou a potência sindical e depois política. O filme não consegue nem nos passar como Lula conseguiu com seu discurso mobilizar milhares de operários durante a ditadura, no filme parece algo forçado, um discurso simples e gritos de Lula, Lula e todos prontos para seguir o cara.

O filme peca ao terminar onde terminou, não vemos a transformação de Lula em político, e muito menos vemos no Lula do filme o começo do carisma que o presidente tem. O filme passou rapidamente por fatos importantes para que pudéssemos conhecer esta transformação de Luis Inácio em Lula, e assim algumas informações parecem jogadas, juntadas para até omitir algumas passagens da vida do presidente.

O Lula do filme é um homem perfeito, sem erros e sem maldade, foi transformada em um herói e numa pessoa que seria um exemplo para a humanidade, para se ter uma idéia no filme Lula nem falar errado fala. Omitir estes fatos da personalidade do presidente, também me deixou decepcionado, pois o povo não é burro e a história do Lula está ai nos jornais e nos livros para ser lida.

Fiquei realmente muito decepcionado, pois mesmo achando que Lula tenha sujado sua bela história com problemas na presidência, a história de vida de Lula daria um excelente filme, pois é uma história de luta e superação, mas aqui virou algo jogado, maquiado, heróico e dramático. Só espero que não indiquem este filme como o filme nacional ao Oscar 2011.

A nota abaixo é pela ilustre presença de Glória Pires, realmente a sua Dona Lindu é a melhor parte do filme.

Até,
André C.


Lula, O Filho do Brasil – 2009
Direção: Fábio Barreto
Roteiro: Denise Paraná, Fábio Barreto, Daniel Tendler e Fernando Bonassi baseado em livro Lula, O Filho do Brasil de Denise Paraná
Elenco: Rui Ricardo Dias, Glória Pires, Cléo Pires, Lucélia Santos, Juliana Baroni, Milhem Cortaz e Antônio Pitanga.

Nota Filme: 1.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts