Hanna

Hanna

Este filme de ação dirigido por Joe Wright só não se torna apenas mais um por causa de duas coisas: a excelente presença da jovem Saoirse Ronan e a trilha sonora em alta voltagem do The Chemical Brothers, pois no demais o roteiro é fraco, confuso e que mais parece um pedaço de texto para tentar justificar violência e ação em grande quantidade.

De maneira geral o roteiro e a narrativa apresentam várias falhas, muitos furos e é inconstante, em alguns momentos o filme fica quase sonolento e em outros momentos é adrenalina pura, mas em nenhum momento consegue realmente manter um nível mediano. E por falar em adrenalina os momentos de ação onde Hanna (Saoirse Ronan) aparece são com certeza os melhores do filme, algumas cenas são realmente fantásticas e isso é devido a uma boa direção de Joe Wright e de uma atriz que realmente vestiu o papel.

Saoirse Ronan é a grande sensação do filme desde o seu início, mesmo quando o filme parece se arrastar é a atriz quem segura as pontas com uma ótima e convincente atuação, o que já nos apresentou no Um Olhar do Paraíso. A atriz mostra claramente que tem um futuro gigantesco, pois aqui encarna um personagem complicadíssimo que ao mesmo tempo que foi criada para sobreviver e matar sem piedade, é uma menina carente, sem infância e em busca do amor.

Porém apenas Saoirse Ronan não segura o filme, nem a sempre boa atriz Cate Blanchett consegue salvar a sua personagem do desastre, aliás, a atriz empresta seu carisma, beleza e talento a vilã do filme de uma forma muito particular, mas o problema é que em nenhum momento a sua vilã convence, parece um pouco distante do que o filme precisava. Não acho que foi culpa da atriz, mas sim do roteiro que criou uma vilã meio perdida.

Ainda falando no elenco a parte mais fraca é Eric Bana, que em nenhum momento convence como o pai/mentor de Hannah. Totalmente apático o ator parece nem acreditar que o roteiro fez dele um grande agente que vive escondido e criou uma nova e mortal agente. Uma pena, pois ele também não convence nem em suas cenas de ação.

Para finalizar o grande defeito do filme é o roteiro, um pouco vazio e sem criar personagens (exceto Hannah) que realmente pudessem tirar dos seus “astros” algo mais, porém o diretor consegue mesmo assim criar em alguns momentos um ótimo filme de ação, um trabalho bem árduo em cima de um roteiro pífio.

Até,
André C.

Hanna (Hanna) – 2011)
Direção: Joe Wright
Roteiro: Seth Lochhead e David Farr baseados em estória de Seth Lochhead.
Elenco: Saoirse Ronan (Hanna), Eric Bana (Erik), Vicky Krieps (Johanna Zadek), Cate Blanchett (Marissa) e John MacMillan (Lewis).

Nota Filme: 2.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts