Two And a Half Men – Season Finale

Two And a Half Men – Season Finale

E a primeira temporada de Two and a Half Men sem Charlie Sheen terminou da mesma forma que terminou a última temporada com a presença dele, de forma melancólica e com uma cara de despedida, que só não é por já estar confirmada para o ano que vem, inclusive com os 3 atores principais.

O grande problema do ano em Two and a Half Men é que as melhores piadas da temporada foram quando Charlie ainda era o foco central, até quando ele volta na pele da grande Kathy Bates, pois a série passou o ano todo tentando se encontrar, mas precisava, nas horas mais fracas, buscar inspiração no cara que fez da série o sucesso que ela é: Chalie Sheen.

Muitos podem dizer que eu faço parte dos órfãos de Charlie, mas o que vi durante os 24 episódios da temporada é que a série, seu produtor, seus roteiristas também estão órfãos dele. Claro que a série não poderia esquecer por completo o personagem, mas isso deveria ter durado um pouco, nos primeiros episódios e depois a série deveria finalmente ir para novos caminhos, com Ashton Kutcher e Jon Cryer tocando o barco, mas infelizmente faltou força, principalmente ao primeiro que em alguns momentos deixou Jon Cryer sozinho no comando da série. Ainda bem que Jon Cryer vive um excelente momento e salvou a série de um fracasso, mas só o talento dele é pouco para manter Two and a Half Men no bom nível de sempre, pois até nós cansamos das piadas em cima de Alan.

Two and a Half Men precisa de algo para sacudir os personagens e colocar a série totalmente longe do fantasma de Charlie, e precisa que Ashton Kutcher assuma de vez o papel com personalidade própria, que ele até deu em alguns episódios da temporada, mas sem a força necessária para que todos olhassem a série como algo totalmente novo.

Até,
André C.

Sinopse da Série: Charlie Harper (Charlie Sheen, “Spin City”) é um solteiro bem de vida que vive numa casa na praia, tem um belo carro na garagem e tem uma grande facilidade de conquistar as mulheres. Seu estilo de vida casual em Malibu é interrompido quando seu irmão Alan (Jon Cryer), que está no meio de um divórcio, e seu sobrinho de 10 anos Jake (Angus T. Jones), chegam para morar com ele. Para complicar ainda mais as coisas, há também a obcecada e controladora mãe de Charlie e Alan, Evelyn (Holland Taylor); a afastada mulher de Alan, Judith (Marin Hinkle, “Once and Again”), que “acredita” que é gay; e a atraente e meio estranha vizinha Rose (Melanie Lynskey), que teve um breve romance com Charlie quer estar presente na vida dele custe o que custar. Apesar desse estranho relacionamento, Charlie e Alan descobrem que ambos tem uma coisa em comum: eles amam Jake e querem o melhor para ele. Os irmãos concordam em criar um lar adequado para Jake na casa de Charlie, e juntos esses dois homens e meio encaram os desafios de (em alguns casos, finalmente) se tornarem adultos.
Canal EUA: CBS
Canal Brasil: Warner
Temporada: Nona

Elenco: Ashton Kutcher (Walden Schmidt), Jon Cryer (Alan Harper), Angus T. Jones (Jake Harper), Marin Hinkle (Judith Harper), Conchata Ferrell (Berta), Sophie Winkleman (Zoey), Holland Taylor (Evelyn Harper), Ryan Stiles (Dr. Herb Melnick), Jane Lynch (Dr. Linda Freeman), e Judy Gree (Bridget Schmidt)

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts