A volta de Damages

A volta de Damages

Damages1Damages voltou e não teve a força dos outros anos neste primeiro episódio, mas já dá pequenas amostras de que poderá ser uma temporada com algumas polêmicas envolvendo o EUA, Guerra e interesses de grandes empresas, sejam elas de armas ou de um exército privado.

E como em time que está ganhando não se mexe a história segue o tradicional estilo Damages, vemos cenas finais e voltamos para o início de tudo, para então desenharmos lá nos últimos episódios o que gerou tudo aquilo.

Uma das coisas que achei bacana foi a série pular alguns anos, pois sinceramente Ellen Parsons (Rose Byrne) seria a pior advogada do mundo, quer dizer, seria a mais azarada e amaldiçoada tanto como advogada, quanto em relacionamentos, pelo menos ela passou algum tempo de paz, que obviamente não interessa muito para nós e por isso pulamos alguns anos.

E vemos, pelo menos neste começo, uma certa chance de parceria e companheirismo entre Patty (Glenn Close) e Ellen, mas como se trata de Patty eu não colocaria minha mão no fogo e abriria meu olhos, pois ela continua a mesma pessoa arrogante, manipuladora e que em nenhum momento que ser a boazinha ou a simpática, cada movimento dela tem um interesse. Deu pena da netinha dela, aquela menina vai sofrer!

Resumindo, Damages voltou e traz mais do mesmo, com a mesma fórmula que já deu certo, mas será que tem força de ter mais uma temporada marcante, mesmo após os altos e baixos da terceira?


 

Canal EUA: DirecTV
Canal Brasil: ?
Temporada: Quarta
Episódio: There’s Only One Way to Try a Case
Elenco: Glenn Close (Patty Hewes), Rose Byrne (Ellen Parsons), Dylan Baker (Jerry Boorman), John Goodman (Howard T. Erickson), Chris Messina (Chris Sanchez) e Michael Nouri (Phil Grey).

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts