Apparitions: Deus, Diabo e Fé

Apparitions: Deus, Diabo e Fé

apparitions4 Às vezes a gente faz um elogio exagerado a um filme ou a uma série e pode até se arrepender depois, principalmente no caso de séries, pois é uma área que normalmente os roteiros tendem a ser inconstantes e cheios de falhas, enrolações e acabam por fugir da história (sim, estou falando de Lost), porém os elogios que fiz sobre Apparitions (clique aqui para ler) se tornaram uma realidade, pois tudo que disse lá se confirmou nos outros dois episódios que eu vi.

O Quaqua acabou definindo a série, ou melhor, a minissérie inglesa como Alucinante, e vocês podem até achar exagero, pois o Quaqua é meio exagerado, mas a série e extremamente boa, séria e polêmica.

Por que é polêmica?

Em 3 episódios pontos polêmicos foram tocados: família atéia, homossexualismo, problemas internos da Igreja, milagres feitos pelo Diabo, possuídos por Santos, possuídos por Demônios, holocausto e o perdão. Ou seja, a série não quer perder tempo em questionar nossas crenças, nossa . E o quarto episódio é sobre aborto, ou seja, promete ser um grande episódio.

Mas o que a série mexe profundamente é com a de todos, principalmente dos católicos, mas nem precisa ser católico, se você acredita em Deus ou é de outra religião, a série vai te provocar dúvidas, e mexer mesmo com a sua . No segundo episódio tivemos diálogos fortes entre o Padre Jacob e o possuído, de maneira intrigante o possuído confronta a do Padre em Deus, falando claramente que mesmo rezando, implorando, agoniando, Deus o deixaria na mão, como deixou todas as pessoas a sua volta. A Fé do Padre foi totalmente colocada em xeque, na batalha entre o Bem e o Mal, apesar de que aqui nem é a batalha que motiva o Diabo ou Demônio, aqui ele não quer apenas fazer o Padre perder a em Deus, mas quer algo como convertê-lo, trazer o Padre para o seu lado, para a sua Fé, como fica provado que ele conseguiu com outros dentro da própria Igreja.

Mas a série não quer acabar com a e nem acabar com aqueles que crêem em Deus, Joe Aheame quer, e vem conseguindo, transformar exorcismos, de sustos em assunto sério. Não são os exorcismos que eles querem nos apresentar e destrinchar, na verdade tudo é uma ponto de partida para abrir uma grande discussão sobre as crenças do povo,sobre a Fé, sobre Deus e sobre Demônio, e tudo sem ser apelativa, usando diálogos muito bem escritos e precisos.

Mas se você também não acredita em Deus, pode ter certeza que a série também é ideal para você, pois todos nós temos crenças e aqui elas estão em discussão de uma forma pesada, mas nunca apelativa.

A série é muito polêmica, forte, séria e de grande qualidade, mas assim que tiver um tempo pesquisarei para saber se a Igreja Católica, duramente criticada na série (segunda guerra, Papas corruptos, antiquada, etc.), fez algum comentário ou objeção ao roteiro de Apparitions, ainda mais que o quarto episódio é sobre aborto.

Até,
André C.
___________________________

Sinopse: Em Apparitions, são trazidos à tona todo assunto relacionado a mão do Diabo na vida do ser humano e suas demais manifestações. O sacerdote Jacob (Martin Shaw), um servo fiel que examina indícios de milagres para serem (ou não) usados na canonização, mas que mesmo sendo ordenado exorcista, não atua como um. Porém, na eterna guerra entre o bem e o mal, o Diabo, e suas diversas formas procura diretamente ao Padre Jacob, por medo que este venha a ser o exorcista chefe de toda a Igreja. Agora Padre Jacob enfrentará um assunto não muito agradável dentro da própria Igreja Católica.

Canal Inglaterra: BBC One
Canal Brasil: ???
Episódio Vistos: 2 e 3
Estréia na Inglaterra: 20/11/2008 e 27/11/2008
Escrito por: Joe Aheame (“Dr. Who”)

Elenco: Martin Shaw (Padre Jacob), Siobhan Finneran (Irmã Ruth), Luigi Diberti (Monsenhor Vincenzo), Shaun Dooley (Liam), Elyes Gabel (Vimal), Romy Irving (Donna), Michelle Joseph (Irmã Anne), John Shrapnel (Cardeal Bukovak), Sarah Jayne Steed (Sarah) e Rick Warden (Michael).

0 thoughts on “Apparitions: Deus, Diabo e Fé

  1. Denis Torres

    André, obrigado pelos elogios, mas não exagere. Sou um mortal como vc, e vejo que temos várias coisas em comuns, como a nossa idade (eu tenho 29), a paixão pelo futebol (sou são-paulino roxo e uma de minhas maiores alegrias recentes foi ser campeão em cima do seu Furação na Libertadores 2005, hehe) e também adoro viajar. Curitiba é uma das cidades que ainda não conheço e que tenho vontade de passar uns dias, pois todo mundo que volta daí é só elogios. Quem sabe um dia eu faça uma pequena visita e você me apresenta a Arena e a gente conversa sobre filmes tomando uma bem gelada. Abs!

  2. Não assisto essa série, mas to aqui pra retribuir a visita.
    Bem legal seu blog também, abrange bem as coisas.

    Vou te linkar lá, pode me linkar aqui tb!
    Valeu

  3. Olá André,

    Muito obrigado pela visita ao State of Kubrick. Gostei do seu blog, bem variado e com ótimas matérias (principalmente sobre as séries, que é um negócio que preciso tomar vergonha e acompanhar mais hehehe, parei no Seinfeld). Ficaria honrado se me adicionasse ao seu blog, e se me permitisse indicar seu site por lá também.

    Valeu!

    Abraço,
    Murilo.

  4. Já assisti a todos os episódios. Gostei bastante dessa série, mas, ao que parece, não teremos uma segunda temporada. O Martin Shaw foi o grande destaque, ao meu ver!

    Seu blog é bem legal!

    Abraço!

  5. Esta é a primeira vez que ouço falar nessa série. Parece ser bem interessante!!

  6. Andre, seja sempre bem-vindo ao blog! Não sou de postar absurdamente, mas sempre quando tenho um tempo aqui eu paro pra escrever algo, hehe

    Abs,
    Murilo

  7. Wellington

    Será que ganho um espacinho como quem falou sobre a série pra vc assistir?!? hahaha

    Abraços

    Wellington

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts