Oscar 2013: Melhor Atriz Coadjuvante

Oscar 2013: Melhor Atriz Coadjuvante

O ano passado inteiro eu falei por aqui que as mulheres em 2012 tinham representado o que há de melhor no cinema, principalmente por não se encolherem na hora de escolher seus papéis, que hoje em dia as atrizes estavam a procura de personagens mais fortes, de papéis que tirassem delas alguma coisa a mais que uma simples interpretação, por isso essa categoria é uma categoria que apesar de uma grande favorita pode dar a noite do Oscar alguma surpresa.

Apesar de ser apenas a sua segunda indicação, Anne Hathaway já é um namoro antigo da Academia, ou pelo menos da crítica e do público, que já achava que a atriz merecia melhor sorte na festa do Oscar, mas desta vez é praticamente impossível tirar o Oscar da atriz, que deixou de lado todo o seu glamour e se entregou ao personagem, raspando o cabelo, perdendo peso e dando a alma na tela, e a Academia adora isso, adora ver uma bela atriz deixar tudo de lado por causa de um personagem, por isso Anne Hathaway deve ser a vencedora amanhã.

Helen Hunt por As Sessões também se entrega ao personagem, pois é preciso muita coragem para aparece nua e em cenas de sexo com quase 50 anos, a atriz que tem 1 Oscar de Melhor Atriz, tem a sua segunda indicação e chega com força, apesar de alguns críticos não entenderem o motivo dela estar concorrendo como coadjuvante se ela é o papel feminino de maior destaque no filme, mas são coisas do Oscar.

Sally Field está de volta ao Oscar, depois de levar 2 estatuetas nas duas indicações que tem como Melhor Atriz (Um Lugar no Coração e Norma Rae). A veterana e espetacular atriz volta a cena depois de anos esquecida na TV, e volta com um papel forte e merecedora de um Oscar, tanto que já levou para casa o BSFC Award, DFWFCA Award, New York Film Critics Circle Awards, dentre outros, além de concorrer aos chamados prêmios pré-oscar, mas perdeu justamente para Anne Hathaway, e o que corre contra ela que seria a primeira vez que a Academia daria 3 prêmios para a mesma pessoa em 3 Indicações.

Amy Adams em O Mestre tem recebido diversos elogios, sem dizer que é a quarta indicação da atriz para Melhor Atriz Coadjuvante, e existem críticos que acreditam que seu trabalho é muito superior que o de Anne Hathaway, pois se trata de um personagem mais denso que o da favorita, e sem dizer que a atriz vem ano após ano crescendo na sua carreira, cada vez mais elogiada e apreciada. A atriz já levou os prêmios do Chicago Film Critics Association Awards, Los Angeles Film Critics Association Awards e National Society of Film Critics Awards (EUA). Chega com chances de surpreender sim, mas a entrega física de Anne Hathaway pode ser decisiva.

Quem corre por fora mesmo, assim como Robert De Niro, seu par em O Lado Bom Da Vida, é Jacki Weaver, que recebe sua segunda indicação para Melhor Atriz Coadjuvante por um papel realmente dramático e importantíssimo no filme, mesmo que tenha poucos minutos na tela é um belo trabalho, mas com poucas chances de levar o Oscar devido a força das outras 4 candidatas.

Assim como para melhor ator coadjuvante, apesar de termos Hellen Hunt, Sally Field e Amy Adams com muita força na festa de amanhã, acho que a Academia não surpreenderá e dará para a favorita Anne Hathaway, que além de ter uma atuação elogiada e marcante como as outras concorrentes, teve uma entrega física ao personagem, que pode ser o grande diferencial, ela também é minha preferida para o prêmio, apesar de ser fã do trabalho de Amy Adams. Assim temos como meus palpites para o Oscar o seguinte: As Aventuras de Pi com 3 estatuetas (Efeitos Visuais, Fotografia e Direção de Arte), Anna Karenina com 2 prêmios (Figurino e Trilha Sonora), Argo com 3 estatuetas (Melhor Roteiro Adaptado, Montagem e Edição de Som), Django com 1 estatueta (Roteiro Original), Os Miseráveis com 2 estatuetas (Mixagem de Som e Melhor Atriz Coadjuvante), Hobbit com 1 Oscar (Maquiagem), Valente como melhor animação, Amor 1 Oscar (Melhor Filme Estrangeiro), Lincoln 1 Oscar (Melhor Ator Coadjuvante) e Paperman como melhor curta de animação.

Mas minha torcida está assim: As Aventuras de Pi com 2 prêmios (Efeitos Visuais e Direção de Arte), Django Livre com 3 prêmios (Roteiro Original, Fotografia e Edição de Som), O Lado Bom da Vida (Melhor Roteiro Adaptado), Os Miseráveis com 2 estatuetas (Figurino e Melhor Atriz Coadjuvante), Argo com 2 estatuetas (Montagem e Trilha Sonora), 007 – Operação Skyfall com 1 estatueta (Mixagem de Som), Hobbit também com 1 Oscar (Maquiagem), Detona Ralph como melhor animação, Amor 1 Oscar (Melhor Filme Estrangeiro), Lincoln 1 Oscar (Melhor Ator Coadjuvante) e Head Over Heels como melhor curta de animação.

Até,
André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts