O Vencedor

O Vencedor

Finalmente consegui ver O Vencedor e apesar de não ser um daqueles filmes que me marcará, trata-se de um ótimo drama, onde a atuação do elenco tem muito mais força que a história em si.

Tem coisas que eu ainda não aprendi sobre cinema, que é a escolha dos candidatos para melhor ator principal ou coadjuvante, pois neste filme acho que tanto Mark Wahlberg como Christian Bale são personagens principais do filme, e em alguns momentos fiquei com a clara impressão que o filme era mais sobre o personagem de Bale do que de Wahlberg, mas deixando isto de lado o Oscar ficou em ótimas mãos.

Aliás, tanto o Oscar de ator coadjuvante quanto o Oscar de atriz coadjuvante ficaram em ótimas mãos e seria impossível definir qual dos dois está melhor no filme, pois tanto Christian Bale como Melissa Leo.

Melissa encarna muito bem uma mãe que vê em seu filho mais velho a perfeição em pessoa e deixa-se enganar por um passado que acredita ter sido glorioso. Melissa Leo se entrega ao papel de uma forma belíssima e extremamente poderosa.

Já Bale, em alguns momentos parece forçado e exagerado, porém está perfeito, pois além da câmera do diretor David O. Russel, ele está participando de um documentário que ele acredita ser sobre a vida maravilhosa que ele acha que viveu e tenta mostrar isso para as câmeras da HBO, e demora para se tocar que o documentário no fundo é sobre a sua queda, sobre as drogas e para onde ela pode levar alguém promissor. E por isso acho que Bale deveria ter sido indicado a melhor ator, pois o filme não é só sobre o boxeador vivido por Mark Wahlberg, mas acaba se misturando na história de vida,  queda e a recuperação de uma pessoa próxima do fim.

Os dois atores estão tão bem que nos reservam uma das cenas mais bacanas no filme, quando os dois dentro do carro cantam I Started a Joke do Bee Gees.

Voltando ao filme, trata-se de um bom filme onde, como dito no início destes post, as atuações acabam se destacando mais que a história de uma família cercada por sucesso, desgraça, vitórias e derrotas, sem isso o filme seria um drama comum, pois, além dos 2 já citados o elenco está ótimo. Mark Wahlberg vem mostrando que está crescendo cada vez mais e Amy Adams está muito bem e vem se tornando uma queridinha da Academia e se souber cuidar bem da carreira logo ganhará o seu Oscar.

Até,
André C.


O Vencedor (The Fighter – 2010)
Direção: David O. RUssel
Roteiro: Scott Silver, Paul Tamasy e Eric Johnson, baseados na história de Paul Tamasy, Eric Johnson e Keith Dorrington
Elenco: Mark Wahlberg (Micky Ward), Christian Bale (Dicky Eklund), Amy Adams (Charlene Fleming), Melissa Leo (Alice Ward), Mickey O’Keefe (ele mesmo) e Jack McGee (George Ward).

Nota Filme: 3.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts