Catch .44

Catch .44

Faz tempo que queria ver Catch .44 por causa de Deborah Ann Woll e a decepção só não foi maior porque o filme dura apenas longos 94 minutos, sem nunca apresentar nada que te prenda a atenção ou que mostre um algo a mais do que um filme que bebe no estilo Tarantino com pequenas doses de Guy Ritchie.

É exatamente isso que eu disse acima, o diretor Aaron Harvey não inova e não cria nada de atrativo neste filme que tem todos os elementos tirados dos filmes de Tarantino e Guy Ritchie, o que é uma pena, já que o trailer e até o começo do filme sugerem um filme violento, mas interessante e cheio de alternativas, porém o que vemos é algo chato, confuso, sem emoção e sem nenhuma grande reviravolta que dê ao filme um algo mais.

Para não ser completamente injusto, o algo mais fica por conta de Forest Whitaker, o melhor ator em cena com o melhor personagem, possivelmente porque é o único personagem com algo a mais do que apenas um nome e um revolver na mão.

Aaron Harvey pode até ser promissor, porém aqui seu roteiro é fraco, seu filme tenta impor um ritmo frenético que nunca aparece na tela e no final termina sem grandes emoções, bem diferente do que o começo do filme sugere.

Até,
André C.

Catch .44 (Catch .44 – 2011)
Sinopse: Três amigas são contratadas para interceptar um carregamento de drogas em um restaurante isolado. Entretanto, o que parecia um trabalho simples se transforma em uma cadeia de eventos incontroláveis e logo elas percebem que a situação se tornou muito maior do que imaginavam.
Direção: Aaron Harvey
Roteiro: Aaron Harvey
Elenco: Malin Åkerman (Tes), Nikki Reed (Kara), Deborah Ann Woll (Dawn), Forest Whitaker (Ronny), Bruce Willis (Mel), Shea Whigham (Billy) e Jimmy Lee Jr. (Jesse/Trucker)

Nota Filme: 1.0

One thought on “Catch .44

  1. Concordo. O filme busca resgatar a magia de Tarantino, mas perde-se nas brumas tortuosas de um enredo pífio!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts