Angustiante: O Sacrifício do Cervo Sagrado

Angustiante, meticuloso, forte, penetrante, estranho, provocativo e um grande filme, esse é O Sacrifício do Cervo Sagrado.

Ainda bem que eu superei os primeiros 30/40 minutos do longa, pois fui apresentado a uma obra complexa, forte e de grande impacto.

Longe de ser um filme fácil, com certeza não é para grande maioria do público, o filme do diretor Yorgos Lanthimos é um filme que te incomoda. Gostando ou não, você não passa por ele com indiferença, pois o objetivo dele é causar desconforto.

Causa desconforto porque o filme é frio, sem sentimentos e mostra, de forma aberta, pessoas racionais e metódicas, nas suas relações familiares e profissionais.

Assistimos relações distantes entre pais, filhos e casais, tudo parece milimetricamente racional. Sem alma. Sem vida. Com vingança.

E este desconforto só aumenta quando somos apresentados ao personagem Martin (Barry Keoghan).

É verdade que conhecemos Martin logo no começo, mas o diretor Yorgos Lanthimos vai nos apresentando, vai moldando Martin a cada nova cena. E a cada cena mudamos nossa impressão sobre Martin.

Talvez a pessoa mais fria do filme não seja nem o personagem de Colin Farrell e muito menos o de Nicole Kidman, mas sim Martin, com uma bela interpretação de Barry Keoghan.

O casal de médicos possui rompantes de sentimentos, mas Martin não. Ele é frio, calculista, consciente e dono dos seus atos. Aos poucos ele mostra quem é, o que quer.

Assim como Martin, Yorgos Lanthimos também é calculista.

O diretor constrói o filme de forma lenta, que cansa, mas aos poucos te domina, tem sufoca e te incomoda. Cada cena, cada agonia vivida pelo casal de médicos e seus filhos é forte, cada nova presença de Martin te causa estranheza, repulsa.

Aos poucos somos apresentados a um terror moderno, violento da sua forma e que te acerta em cheio. Um filme complexo, que tem envolve de corpo e alma.

Mas todo o trabalho preciso, detalhista e sistemático do diretor seria jogado fora se o elenco não estivesse alinhado com suas expectativas.

Nicole Kidman e Colin Farrell possuem uma atuação fria e distante, como seus personagens, mas Barry Keoghan é o cara que manda no filme.

4p - Angustiante: O Sacrifício do Cervo Sagrado


cervo - Angustiante: O Sacrifício do Cervo Sagrado

O Sacrifício do Cervo Sagrado (2017)

Direção: Yorgos Lanthimos

Roteiro: Yorgos Lanthimos e Efthymis Filippou
Elenco: Colin Farrell, Nicole Kidman, Barry Keoghan, Raffey Cassidy, Sunny Suljic,  e Alicia Silverstone.
Filme visto em 13/03/2019. 302019

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.