Frost/Nixon

Frost/Nixon

frost-nixon-poster03Frost/Nixon é um filme político? Sim, é!

Frost/Nixon é quase um documentário? Sim, é!

Frost/Nixon é um filme lento? Sim, é!

Frost/Nixon é um filme chato? Não, não é!

Quem não viu Frost/Nixon por achar que é um filme político, documental, lento e chato, perdeu um excelente filme com atuações fora de série de Michael Sheen e Frank Langella (Boa Noite e Boa Sorte).

O diretor Ron Howard soube nos jogar lentamente em todo o clima pré-entrevista e durante a mesma. O tom de documentário, com depoimento dos atores como se fossem os personagens reais foi uma excelente sacada, pois isso nos ajudou a entrar no clima que citei anteriormente. Clima que nos levou diretamente para o EUA pós-caso Watergate, e de que cada um dos envolvidos pretendia com a entrevista.

Mas o filme é todo e completamente da dupla principal. A cena da última parte da entrevista é uma das cenas mais espetaculares do cinema. O confronto entre Nixon e Frost vividos por Langella e Sheen, respectivamente, é algo único no cinema. A força, a sinceridade e com que os dois atuam é assustadora.

Tudo bem tem gente que vai falar que eles apenas passaram para a telona personagens que fizeram no teatro, mas cá entre nós, isso não me importa nenhum pouco, apenas repito os aplausos do teatro para o cinema.

Sei que já disse aqui neste blog que Mickey Rourke merecia o Oscar por O Lutador, mas depois vi Sean Penn em Milk e disse que o Oscar ficou em boas mãos, mas é complicado dizer isso com 100% de certeza após ver Frank Langella como Nixon. Ok! Ainda acho que Oscar ficou em ótimas mãos, mas é complicado escolher um dos três, o que é bom para nós que gostamos de cinema.

Frost/Nixon está meio esquecido nas locadoras, pelo menos sempre está lá sobrando na prateleira, uma injustiça com um dos melhores filmes do ano.

Frost/Nixon é um filme espetacular? Sim, é! É um filme espetacular que não concorreu à toa ao Oscar de melhor filme, diretor, edição, melhor roteiro adaptado e melhor ator (Frank Langella).

Até,
André C.
_____________
Sinopse: Richard Nixon (Frank Langella) permaneceu em silêncio por três anos após renunciar à presidência dos Estados Unidos. Em 1977 ele concordou em dar uma entrevista, visando esclarecer pontos obscuros do período em que esteve no governo e usá-la para uma possível volta à política. O entrevistador do programa foi o jovem David Frost (Michael Sheen), o que fazia com que Nixon acreditasse que seria fácil dobrá-lo. Entretanto o que ocorreu foi uma grande batalha entre os dois, que resultou em um confronto assistido por 45 milhões de pessoas ao longo de quatro noites.

Título Internacional: Frost/Nixon
Gênero: Drama
País: EUA/Inglaterra /França
Ano de Produção: 2008
Tempo de Duração: 122 minutos
Lançamento no EUA: 05/12/2008
Lançamento no Brasil: 06/03/2009
Direção: Ron Howard
Roteiro: Peter Morgan, baseado em sua própria peça teatral

Elenco: Frank Langella (Richard Nixon), Michael Sheen (David Frost), Sam Rockwell (James Reston Jr.), Kevin Bacon (Jack Brennan), Matthew Macfadyen (John Birt), Oliver Platt (Bob Zelnick), Rebecca Hall (Caroline Cushing) e Toby Jones (Swifty Lazar)

0 thoughts on “Frost/Nixon

  1. Tb me surpreendi muito com o Langella.

  2. Eu quero MUITO, MUITO mesmo ver esse filme!!!

    1. @ Bruno: Não tem como não se surpreender com a atuação dele. É impressionante!
      @ Kamila: Só posso dizer uma coisa, ASSISTA!!

      Abraços,
      André C.

  3. TENHO VISITADO ALGUMAS LOCADORAS AQUI DA MINHA REGIÃO E OS PROPRIETÁRIOS AINDA NÃO TIVERAM A SENSIBILIDADE E INTELIGÊNCIA DE ADQUIRIR PARA SEU ACERVO,ESSE,QUE COM CERTEZA,É UM FILME EXCELENTE.
    NÃO POR TER CONCORRIDO AO OSCAR EM TANTAS CATEGORIAS,MAS POR TER EM SEU ELENCO,FRANK LANGELLA,UM ATOR EXCEPCIONAL.
    SOU FÃ INCONDICIONAL DE SEU TRABALHO HÁ MAIS DE 25 ANOS,POR ISSO SOU GABARITADA EM AFIRMAR QUE O OSCAR DEVERIA TER IDO PARA SUAS MÃOS,MAS…

    1. Valeska,
      infelizmente isso que acontece com filmes sem muito apelo comercial. Mas assim que puder veja uma das melhores atuações de Langella.

      Abraços,
      André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts