Curvas da Vida

Curvas da Vida

Posso resumir Curvas da Vida em uma palavra só: previsível. Sim essa palavra resume exatamente o que é o filme, uma vez que no primeiro jogo de baseball que Amy Adams vai se encontrar com seu pai, Clint Eastwood, é possível definir tudo o que acontecerá no filme, quem se apaixonará por quem, onde a relação pai e filha vai, quem vai ser contratado e quem não vai.

Ser previsível nem sempre é um problema, pois o roteiro poderia trabalhar isso de uma forma mais limpa e inédita, mas apesar de não ter diálogos de efeito emocionais a todo momento, o filme é repleto de clichês dos filmes do estilo, principalmente daqueles que usam o baseball para dar lições de moral, sem dizer que Clint Eastwood reproduz seus últimos personagens, o durão rabugento de bom coração. Até a personagem de Amy Adams parece tirada de outro filme onde a filha com problemas de relacionamento com o pai e, obviamente, o culpa por todos seus problemas.

Na verdade, o filme não quer ir muito mais longe do que vai, é um filme que no fundo quer mostrar que algumas decisões que tomamos podem mudar o rumo da vida, mas que nunca é tarde para reconquistarmos o nosso caminho de volta. Um filme com uma lição de moral já definida desde seu o início e, apesar de fazer com competência, não é um filme para deixar saudades, mas pode ser uma boa pedida para ver num fim de semana chuvoso.

Vale destacar a boa trilha sonora com um bom Blues e Country.

Até,
André C.

Curvas da Vida (Trouble with the Curve – 2012 )
Sinopse: Gus Lobel (Clint Eastwood) foi um dos melhores olheiros de beisebol por décadas, mas, apesar de seus esforços para esconder isso, a idade está começando a afetá-lo. No entanto a diretoria do Atlanta Braves começa a questionar seus métodos e a sua saúde, porém sua filha Mickey (Amy Adams), uma advogada do sucesso, tenta ajudá-lo e acertar as contas com o passado.
Direção: Robert Lorenz
Roteiro: Randy Brown
País: EUA
Duração: 111 minutos
Elenco: Clint Eastwood (Gus), Amy Adams (Mickey), Justin Timberlake (Johnny), Matthew Lillard (Phillip Sanderson), Robert Patrick (Vince) e John Goodman (Pete Klein)

Nota Filme 2.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts