A Troca – Changeling – Angelina Jolie – Clint Eastwood

A Troca – Changeling – Angelina Jolie – Clint Eastwood

troca-poster01Sinopse: Los Angeles, março de 1928. Christine Collins (Angelina Jolie), uma mãe solteira, se despede de Walter, seu filho de 9 anos, e parte rumo ao trabalho. Ao retornar descobre que Walter desapareceu, o que faz com que inicie uma busca exaustiva. Cinco meses depois a polícia traz uma criança, dizendo ser Walter. Atordoada pela emoção da situação, além da presença de policiais e jornalistas que desejam tirar proveito da repercussão do caso, Christine aceita a criança. Porém, no íntimo, ela sabe que ele não é Walter e, com isso, pressiona as autoridades para que continuem as buscas por ele.

Título Original: Changeling
Gênero: Drama
País: EUA
Ano de Produção: 2008
Tempo de Duração: 141 minutos
Lançamento no EUA: 31/10/2008
Lançamento no Brasil: 09/01/2009
Direção: Clint Eastwood
Roteiro: . Michael Straczynski

Elenco: Angelina Jolie (Christine Collins), Gattlin Griffith (Walter Collins), Michelle Martin (Sandy), Michael Kelly (Detetive Lester Ybarra), Frank Wood (Ben Harris), John Malkovich (Reverendo Gustav Briegleb), Colm Feore (Chefe James E. Davis), Devon Conti (Arthur Hutchins) e Jeffrey Donovan (Capitão J.J. Jones).

___________________________
Esperava bem mais do filme, principalmente por ser dirigido por um diretor que eu gosto muito, desde quando ele era apenas Dirty Harry, mas infelizmente achei que Clint Eastwood se dedicou demais a tentar dar o Oscar para Angelina Jolie do que se aprofundar na história.
Calma, recomeçando. Longe de achar o filme fraco, horrível, mas é apenas um bom filme, longe de ser um grande filme.
Por ser baseado em uma história real, por ter uma direção de arte primoroza e ter, principalmente, um roteiro que poderia se aprofundar mais na corrupção da polícia de Los Angeles, achei que o filme pecou, até na duração, pois focou demais no drama da mãe que tem o filho sequestrado e depois foi trocado pela polícia, deixando o resto em segundo plano. Aliás, da minha maneira de ver o filme poderia ter usado a história real da mãe em segundo plano e tratar a corrupção da polícia, mas…
Bom, este foi o principal problema do filme, e olha que o filme teve atuações espetaculares.
Realmente Angelina Jolie está bem no filme, e como já disse, é ajudada por uma direção que foca demais nela, ficando um pouco exagerado a maneira como ela sempre é destacada na tela. Bem, eu acho Angelina uma boa atriz e mais uma vez ela provou isso, mas para o azar dela o filme não foi assim tão marcante e tinha Kate Winslet perfeita em o Leitor.
Uma grata surpresa, confesso que não conhecia, foi Jeffrey Donovan. Uma atuação perfeita, como diria o Alexandre, ele é um verdadeiro fdp, que usa de tudo para manter a polícia por cima e tirar a mãe desesperada do caminho da polícia e do seu sucesso.

Até,
André
___________________________
Não gostei, aliás, achei chatíssimo, cansativo e meloso demais. Angelina Jolie está cansativa, irritante e falsa. Isso mesmo, não achei grande atuação, ela está muito falsa e parecia correr desesperadamente para o Oscar. Parece que todo mundo esqueceu do filme e ficou olhando para Angelina Jolie, magríssima, chorar e chorar.
Irritante, passe longe.

Abraços,
Alexandre Q.

A Kamila do Cinéfila Por Natureza já viu, clique aqui e veja a opinião dela!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts