Sexo Sem Compromisso

Sexo Sem Compromisso
Sexo Sem Compromisso

Na comédia Sexo Sem Compromisso temos mais uma vez o mesmo roteiro das comédias românticas, onde todos já sabem o final, apesar de alguns “sustos” sobre o destino dos apaixonados.

Nesta comédia a base do roteiro é o sonho de todo homem, encontrar uma mulher que queira sexo e nada de compromisso, aquela velha amizade colorida, onde tudo que acontece entre 4 paredes fica entre 4 paredes.

E tudo vai a mil maravilhas entre o casal, até que os dois começam a sentir ciúmes, saudades e percebem que querem algo mais, e daí não preciso continuar a descrever o que acontece até o fim do filme.

E dentro das cenas óbvias, dos diálogos impossíveis e de cenas de sexo um pouco sem sal, quem se salva é Natalie Portman, que sustenta o interesse do filme tanto para os marmanjos, quanto para as meninas, uma vez que seu charme e sua leveza dominam a tela, deixando Ashton Kutcher como um coadjuvante esforçado, mas que nunca chega nem perto de Natalie Portman.

Aliás Natalie está tão solta que parece brincar com sua personagem, percebe-se claramente que ela está muito leve em sua atuação e com sua personagem livre de afetos e que sabe o que quer, mas o que falta a Natalie Portman crescer ainda mais no filme são situações mais inteligentes em cima da premissa, e não apenas o óbvio que o roteiro lhe proporciona.

O filme não é de todo ruim, graças ao talento e a graça que Natalie Portman alcança na tela, e até têm algumas boas situações, mas o diretor Ivan Reitman e a roteirista Elizabeth Meriwether preferiram ir para o óbvio e nunca ousar, o que prejudica até a química do casal principal na cama.

Até,
André C.

Sexo Sem Compromisso (No Strings Attached – 2011)
Direção: Ivan Reitman
Roteiro: Elizabeth Meriwether baseada em conto escrito por ela e por Michael Samonek
Elenco: Natalie Portman (Emma), Ashton Kutcher (Adam), Kevin Kline (Alvin), Greta Gerwig (Patrice), Lake Bell (Lucy), Jake M. Johnson (Eli) e Mindy Kaling (Shira).

Nota Filme: 2.0

One thought on “Sexo Sem Compromisso

  1. Paola

    Concordo plenamente com todas as suas observações!
    É apenas mais um filme de romance, mas o que nos prende de assisti-lo até o fim é a Natalie!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts