Era Uma Vez no Oeste

Era Uma Vez no Oeste

eraumavezoesteNo feriado comecei um novo projeto rever filmes, séries e shows que eu tenho em DVD. E o primeiro que abriu esta lista foi Era Uma Vez no Oeste, que pode não ser a grande obra-prima do gênero e nem de Sergio Leone, mas com certeza é um dos maiores do Westerns já feitos!

O filme caminha passos lentos, assim como seu protagonista, Sergio Leone não tem pressa de nos contar a história, assim como o protagonista não tem pressa de matar seu grande rival e vilão. Observamos o silêncio, o vento e somos dominados pela impressionante fotografia de Tonino Delli Colli.

Seguindo uma receita padrão de filmes do estilo onde o mocinho não é tão mocinho, o vilão é cruel ao extremo, onde o mundo é dos homens machos, fortes e sem sentimentos. Homens de verdade. Aproveitando este cenário Sergio Leone nos apresenta cada um dos personagens: gananciosos, cruéis, assassinos e sobreviventes. Talvez os únicos que poderiam ser confiáveis já sejam mortos no início.

Com o ambiente montado e com a belíssima e clássica música de Ennio Morricone o filme se engrandece com o passar dos minutos e te faz tremer na cadeira com a tensão causado pelas belas atuações do elenco e pela beleza estonteante e dominadora de Claudia Cardinale.

Henry Fonda, Charles Bronson e Jason Robards estão impressionantes. Apesar de muitos falarem de Henry Fonda e de Charles Bronson, perfeitos, é verdade, para mim o melhor papel e a melhor atuação pertence a Jason Robards. Cheyenne consegue nos provocar raiva e ao mesmo tempo admiração. Sua relação com a personagem de Claudia Cardinale é pura e de respeito, apesar dela ser uma prostituta e não ter vergonha disso.

Falando em Claudia uma vez comentei com amigos que era as costas mais belas do cinema, e mantenho as minhas palavras e sua beleza ainda alcança patamares inacreditáveis pelo contraste com o ambiente de homens sujos e suados.

Resumindo Era Uma Vez no Oeste é uma mistura perfeita entre o melhor do Western com a beleza de uma mulher, com uma grande fotografia e uma música que se fosse mais perfeita estragaria o resultado final.

Até,
André
___________________________

Sinopse: Em virtude das terras que possuía serem futuramente a rota da estrada de ferro, um pai e todos os filhos são brutalmente assassinados por um matador profissional. Entretanto, ninguém sabia que ele, viúvo há seis anos, tinha se casado com um prostituta de Nova Orleans, que passa ser a dona do local e recebe a proteção de um hábil atirador, que tem contas a ajustar com o frio matador.

Título Original: C’era una Volta il West
Gênero: Faroeste
País: Itália/EUA
Ano de Produção: 1968
Tempo de Duração: 165 minutos
Lançamento na Itália: 21/12/68
Direção: Sergio Leone
Roteiro: Sergio Donati e Sergio Leone. Estória de Dario Argento, Sergio Leone e Bernardo Bertolucci

Elenco: Henry Fonda (Frank), Claudia Cardinale (Jill McBain), Charles Bronson (Harmonica), Jason Robards (Cheyenne), Frank Wolff (Brent McBain), Gabriele Ferzetti (Morton), Paolo Stoppa (Sam), Jack Elam (Knuckles), Woody Strode (Stony), Lionel Stander (Barman) e Keenan Wynn (Xerife)

2 thoughts on “Era Uma Vez no Oeste

  1. Concordo em gênero, número e grau.

    1. Gustavo,
      acho que foi a primeira vez que concordamos em gênero, número e grau!

      Abraços

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts