Hell

Hell

2006_hellSemana passada assisti ao filme Francês Hell, baseado no best-seller de Lolita Pille (Hell: Paris 75016). O filme me chamou a atenção durante o intervalo do Telecine, e achei que dentre os que passariam as 22:00 o mais interessante, mas o filme deixa de ser interessante e provocativo depois de alguns minutos, ainda mais que dizem que o livro é polêmico e provocador.

Não sei dizer se é o roteiro que é falho ou a direção de Bruno Chiche que é confusa, na verdade o filme apresenta vários defeitos: desde continuidade, fatos esquecidos, personagens inúteis e uma narrativa frouxa. De destaque apenas a atuação boa, mas um pouco forçada em alguns momentos, da bela atriz Sara Forestier.

O filme tem um ponto interessante, que me deixou curioso sobre o livro, pois mostra a juventude rica de Paris que vive de festas, drogas, sexo e dinheiro fácil. E assim como gastam sem perceber, estragam a vida sem se dar conta, mas a menina Hell (Sara Forestier) depois de um suposto aborto tenta se encontrar na vida, mas a luta pelo amor, pelas coisas que julga ser correto faz com que a mesma se perca novamente.

E tudo começa bem contado, de forma dinâmica vamos “festando” junto com Hell e suas amigas, mas logo que começa o romance o filme fica meio arrastado, meio perdido e é onde vemos os erros que citei acima: erros gritantes de continuidade (roupa e cabelo mudando), personagens que sumiram (pai e mãe de Hell), narração sobre o romance meio sem nexo, como se quisessem resumir o livro de uma forma rápida e dando importância a pequenos fatos do romance.

Resumindo, o filme começa muito bem, se perde ao deixar fatos que pareciam ser importantes a história, se alonga em pequenas bobeiras e termina de uma forma inteligente, pois o fim, quando ela levanta de um típico café em Paris, mostra que a Hell percebeu que a vida é bem mais que festa e dinheiro.

Até,
André C.
___________________________

Sinopse: Hell (Sara Forestier) é uma jovem francesa de classe média que passa seu tempo em festas parisienses. Mais preocupada com festas e drogas a viver as responsabilidades de uma vida adulta que ela tenta adiar, sua vida decai cada vez mais. Mas, quando ela conhece Andrea (Nicolas Duvauchelle), as coisas parecem seguir um rumo diferente.

Título Original: Hell
Gênero: Drama
País: França
Ano de Produção: 2006
Tempo de Duração: 100 minutos
Lançamento na França: 01/03/2006
Direção: Bruno Chiche
Roteiro: Bruno Chiche, baseado em romance de Lolita Pille

Elenco: Sara Forestier (Hell), Nicolas Duvauchelle (Andrea), Didier Sandre (Le père de Hell), Christiane Millet (La mère de Hell), Anne-Marie Philipe (La mère d’Andrea) e Louise Monot (Victoria).

17 thoughts on “Hell

  1. Me perdoe, mas acho que entendeu muito pouco da mensagem do diretor. O filme é uma crítica ao capitalismo e a sua característica concentradora de riqueza. A personagem de Sara Forestier, a sua maneira, mostra um sistema inteiro em colapso e em franca decadência. A jovem francesa ridiculariza tudo que tem valor para o círculo social do qual faz parte. Ela deixa claro que pertence a uma elite totalmente ultrapassada, entorpecida e extramamente superficial. Uma elite que necessita urgentemente de renovação, o que nos remete ao passado do país, quando a monarquia decadente e ultrapassada fora superada na mais conhecida revolução da história. Digo ainda que é possível perceber influências claras de pensadores como Pareto, Mosca e Mitchels, em suas reflexões sobre a Teoria das Elites. E no final Hell deixa propositalmente seu óculos caro na mesa do café e vai encontrar com os pais. Essa atitude é a expressão da indiferença com relação aos pais. Hell não mais se importa com o que seus pais irão achar de suas olheiras de noites mal dormidas. Se fosse um ato de aceitação e uma possível “maturidade”, como vc mesmo afirma, ela teria simplesmente guardado o óculos na bolsa.

  2. Marcia

    Tem tambem o programa de afiliados do bytagg, eh bem bacana!

    bytagg eh um LEITOR DE RSS, ai o dono do blog coloca um link pra baixar o bytagg e o usuario instala ja com o RSS do blog configurado, tudo certinho…

    O blogueiro ganha dinheiro com os banners que tem dentro do bytagg, 50% desses banners sao do blogueiro (isso se o usuario abrir o nosso Blog ou nao, tanto faz… soh dentro do programa!!)

    Eh bacana, eh o unico leitor de RSS que te da $$ :)

    Achei o bytagg aqui oh:

    http://www.devilsworkshop.org/bytagg-a-new-medium-to-earn-extra-money-from-your-blog/

    e aqui:

    http://bytagg.com/blog/affiliates

    abs! bjs!

  3. Livia

    Um dos meus livros preferidos… mas o filme não foi tão bem, infelizmente!

  4. Laleska.

    Alguém tem o link pra download???

  5. luis

    Muito ruim, nada a ver com o livro.

  6. IONARA

    Eu penso que vc não entendeu a proposta do filme.

  7. patricia

    Se você estiver no Rio assista a peça que está em cartaz com a Bárbara Paz como HELL.Concerteza vai gostar muito mais.

    1. Andre C.

      Infelizmente eu estou em Curitiba e não tenho como ver a peça, pelo menos não no momento, mas ficarei atento se ela vier para cá!

      Obrigado!

  8. Luciana

    Eu adorei o filme, não segue a ordem dos filmes convencionais, por isso gosto ainda mais, infelizmente não consigo achar para fazer o download, só nas grandes locadoras, se alguém achar o link pra download eu agradeceria (:

  9. Eu gostei desse filme, gostei mesmo..
    E quero assistir novamente 😉

    1. Não têm para baixar, acredita nesse absurdo? HAHAHAHA Eu rodei MUITO procurando esse o Lullaby For Pi (Com a Clemence Poesy). Não têm.

    2. Milene Mingotti

      eu baixei o filme final do ano passado, tenho ele aqui. Só não sei de que buraco consegui achar

    3. Arielle Souza

      Então bem que você poderia disponibilizar para quem não tem, né?! :B

  10. Lais

    Alguem tem o filme e pode me mandar ?
    è o meu livro favorito e eu fiquei mega curiosa pra ver o filme ..
    manda pro email > lais.ronson@gmail.com

  11. eu vii esse filme filme aó uma vez, mas ate hj num skeco..onde eu acho para baixa???

  12. Milene Mingotti vc poderia me passar esse filme, eu simplesmente amei esse livro e estou correndo enlouquecidamente atrás do filme e não acho =3

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts