Gomorra

Gomorra

gomorra-posterGomorra chegou aos cinemas com muito destaque e barulho, pois era a adaptação do livro de mesmo nome escrito por Roberto Saviano, que foi ameaçado de porte pela Máfia Nápoles. Gomorra também recebeu elogios de diretores como Martin Scorcese, foi sucesso na Itália e França e era o candidato da Itália ao Oscar, e muitos o chamavam de a Cidade de Deus Italiana.

Gomorra é um bom filme, forte, tenso, mas não é um filme fácil.

Com um tom bem documentário vamos conhecendo várias partes da Máfia Nápoles, conhecida também por Camorra. São ao todo 5 histórias. São 5 ramos da Camorra apresentados no filme: Temos o menino que é mensageiro e espera crescer dentro da organização que atua na região em que mora. Dois jovens que acreditam poder desafiar os “chefões” da região. O pagador de “prêmios” ou aposentadorias a famílias de pessoas que foram fiéis a Camorra e estão presas ou mortas. A Máfia atuando no mercado da alta costura. A preocupação com o crescimento dos chineses na Itália. E o chefão que não mede esforços para continuar mandando na área de lixos de industriais.

Todas com uma mensagem ligando-as, que o medo de morrer, a vontade de sobrevier transforma a pessoas, desde meninos até adultos. Em todas as 5 histórias as pessoas vivem dilemas, vivem momentos que colocam em dúvida a sua personalidade, mas o medo e a necessidade de viver, ou melhor, a necessidade de ter a Camorra nas suas vidas é sempre mais forte. Pois mesmo indo contra o caráter de alguns, eles sabem que Camorra, com suas mortes, com sua violência, faz acontecer a economia falida da região deles, seja com drogas, com alta costura, lixos ou jogos.

O filme, obviamente, é uma crítica a máfia e sua violência, mas claramente mostra que as pessoas que vivem dentro desde mundo não conseguem escapar disso, pois faz parte do seu dia a dia, do simples viver delas, assim como a violência em algumas favelas brasileiras. O filme mostra claramente que se você não pode ir contra, você vai com ela.

Fiquei extremamente interessado em ler o livro, pois o filme já me mostrou algumas facetas da Máfia que eu realmente não conhecia, como a Alta Costura que procura as fábricas mantidas pela Máfia para pagar mais barato o custo de suas grandes roupas. E sobre o Lixo e a Máfia, olha o que deu na BAND ontem.

Um bom filme, bem dirigido, com atuações firmes, e com certeza é um filme pesado, porém que ainda esta alguns anos de distância do nosso Cidade de Deus.

Até,
André C.

_____________
Sinopse: Toto (Salvatore Abruzzese) tem 13 anos e trabalha como mensageiro de um grupo de traficantes de drogas e armas. Pasquale (Salvatore Cantalupo), alfaiate contratado secretamente por chineses para formar operários, descobre subitamente que sua vida corre perigo. Don Ciro (Gianfelice Imparato) é responsável por levar dinheiro a famílias cujos membros estão presos ou mortos. Como eles, outros tantos habitantes de Nápoles e da região da Campanha têm suas vidas regidas pela Camorra, a tradicional máfia local que alimenta uma espiral de violência sem fim.

Título Original: Gomorra
Gênero: Drama
País: Itália
Ano de Produção: 2008
Tempo de Duração: 137 minutos
Lançamento na Itália: 16/05/2008
Lançamento em DVD no Brasil: 25/03/2009
Direção: Matteo Garrone
Roteiro: Maurizio Braucci, Ugo Chiti, Matteo Garrone, Massimo Gaudioso, Roberto Saviano e Gianni Di Gregoria, baseado em livro de Roberto Saviano

Premiação: European Film Awards – Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Toni Servillo), Melhor Roteiro e Melhor Fotografia.
Cannes – Grande Prêmio do Júri

Elenco: Salvatore Abruzzese (Toto), Simone Sacchettino (Simone), Vincenzo Altamuro (Gaetano), Italo Renda (Italo), Gianfelice Imparato (Don Ciro), Maria Nazionale (Maria), Carlo Del Sorbo (Don Carlo), Vincenzo Bombolo (Bombolone), Toni Servillo (Franco), Carmine Paternoster (Roberto), Salvatore Cantalupo (Pasquale) e Alfonso Santagata (Dante Serini)

0 thoughts on “Gomorra

  1. Renata

    Não aguentei ver nem 1 hora deste filme, muito chato e escuro, até meio tremido e sem ligação nenhuma.

    Bjo

  2. Tomara que esse passe na sala “de arte” aqui da cidade. Gosto de obras fortes, mas o paralelo com CDD não é muito animador.

  3. André, valeu pelas visitas lá no “BS Movies”. Tb estou acompanhando o “Vc Viu?”. ;D

    Adorei Gomorra tb, inclusive vou comentar sobre ele amanhã. Mas o trabalho do Meirelles está acima, realmente.

    Abs!

    1. Bruno,
      execelente a sua lista lá no site. Quero ver Gran Torino que deixei de ver nos cinemas.

      Abraços,
      André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts