O Garoto da Bicicleta

O Garoto da Bicicleta

Admito que após ler várias críticas eu esperava um pouco mais do O Garoto da Bicicleta dos irmãos Dardenne, não que o filme me decepcione, mas é aquela velha história de esperarmos mais do que o filme realmente apresenta.

Logo no começo do filme conhecemos o pequeno Cyril (Thomas Doret), um menino claramente abandonado pelo pai, mas que ainda acredita que a vida não pode ser tão dura com ele, porém já vemos claramente em seus atos que ele já uma pessoa dura, sem sentimentos e que acaba agindo de forma até violenta quando seus sentimentos precisam florescer. Sua única maneira de fugir da realidade e de ser livre dos seus medos é sua bicicleta.

Aliás os irmãos Dardenne não poupam o pequeno Cyril de nada, fazendo até que em alguns momentos não tenhamos pena de um menino rejeitado pelo pai, pois suas ações as vezes são tão duras que deixam claro que ele é praticamente incapaz de amar a doce Samantha (Cécile De France).

E o filme passeia por estes sentimentos ausentes da vida de Cyril e querendo brotar cada vez mais de Samantha, em que nenhum momento consegue desistir do pequeno menino, querendo no máximo um pequeno gesto de amizade, de carinho e de amor.

Com uma ótima atuação do pequeno Thomas Doret, os irmãos Dardenne não apelam nenhum momento para o melodramático, mas também parecem não querer ousar muito e seguem para um final sem grandes emoções, fazendo apenas um bom filme, mas nada muito impressionante.

A melhor coisa do filme realmente são os dois atores, como já disse o jovem Thomas Doret nos apresenta uma interpretação forte e cheia de amargura indo diretamente contra a sempre boa Cécile De France, aqui mais uma vez empresta a sua beleza e talento para criar uma cabeleireira simples e extremamente doce, pronta para amar.

Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne construíram um bom filme, longe de ser uma obra-prima, mas com muito valor e que com certeza merece a atenção que tem recebido da crítica, não é por menos que já está concorrendo ao Globo de Ouro de filme estrangeiro e foi o vencedor do Prêmio do Jurí em Cannes.

Até,
André C.

O Garoto da Bicicleta (Le gamin au vélo – 2011)
Direção: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
Roteiro: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
Elenco: Thomas Doret (Cyril Catoul), Cécile De France (Samantha), Jérémie Renier (Guy Catoul) e Fabrizio Rongione (Le libraire).

Nota Filme: 3.5

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts