A Invenção de Hugo Cabret

hugo2

Até assistir A Invenção de Hugo Cabret eu tinha dúvidas se o cinema 3D poderia realmente ser uma reinvenção do cinema, mas depois desta belíssima obra de Martin Scorsese eu sei que o cinema 3D pode ser usado muito mais do que apenas querer dar sustos na plateia, o cinema 3D pode envolver a todos de uma forma magnífica e emocionante.

Ao contar uma fábula sobre o diretor francês Georges Méliès, o pai dos efeitos visuais, o inventor na máquina de sonhos, Martin Scorsese conseguiu um efeito inédito no cinema 3D, pelo menos em mim, criar um filme que usou os efeitos para me transportar para dentro do filme, com uma belíssima fotografia e com efeitos 3D que privilegiam o roteiro antes de tudo, A Invenção de Hugo Cabret impressiona. Um filme que tira do roteiro uma fábula belíssima de um menino e uma menina que descobrem a magia por trás das câmeras, e diferente da maioria dos filmes 3D, aqui os efeitos se adaptaram ao roteiro e não o roteiro que foi moldado para usar a tecnologia, fazendo nascer algo grande e incrível.

A cena em que voltamos ao passado de Georges Méliès (Ben Kingsley), filmando através de um tanque com peixes, para dar o efeito de filmar no fundo do mar, é belíssima, é magnífica, pois usa o 3D para dar uma aula de como era feito o cinema, e de como homens como Georges Méliè foram responsáveis para que o cinema não se tornasse apenas filmes banais, mas que virasse uma arte impressionante que conquistaria milhões de apaixonados no mundo todo.

O grande trunfo de Scorsese foi construir uma belíssima fábula que homenageia o cinema e que pode agradar adultos e a crianças, pois mistura sonho, paixãodrama e aventura em doses certas e cria um belíssimo filme que será sempre lembrado por todos que o viram.

Com 5 prêmios mais que merecidos no Oscar é um filme empolgante, com uma fotografia belíssima, com muito dourado, azul, cores vivas, que vão dominando a sala de cinema e te levam, junto com os efeitos, para o mundo mágico de Hugo (o bom Asa Butterfield) e nos levam para uma nova experiência, uma experiência que comove pela pureza e sinceridade com que trata o cinema e seu público.

Se você puder, vá ao cinema 3D e viaje pela Paris de Hugo Cabret e do diretor Georges Méliès e se deixe levar por uma fábula belíssima.

Até,
André C.

A Invençãode Hugo Cabret(Hugo – 2011)
Sinopse: : Hugo é um garoto de 12 anos que vive em uma estação de trem em Paris no começo do século 20. Seu pai, um relojoeiro que trabalhava em um museu, morre momentos depois de mostrar a Hugo a sua última descoberta: um androide, sentado numa escrivaninha, com uma caneta na mão, aguardando para escrever uma importante mensagem. O problema é que o menino não consegue ligar o robô, nem resolver o mistério.
Direção: Martin Scorsese
Roteiro: John Logan baseado no livro “The Invention of Hugo Cabret” de Brian Selznick.
Elenco: Ben Kingsley (Georges Méliès), Sacha Baron Cohen (Station Inspector), Asa Butterfield (Hugo Cabret), Chloë Grace Moretz (Isabelle), Ray Winstone (Uncle Claude), Emily Mortimer (Lisette), Christopher Lee (Monsieur Labisse), Helen McCrory (Mama Jeanne) e Jude Law (Hugo’s Father).

Nota Filme: 4.5

One thought on “A Invenção de Hugo Cabret

  1. Vc falou bastante sobre o 3D que infelizmente na minha cinema não chegou. Vi o normal mesmo. Mas não tirou o brilho dessa obra-prima apaixonante do mestre Scorsese. Deveria ter ganhado o Oscar.
    Abraço!

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts