Golpe Duplo

Golpe Duplo

No último fim de semana acabei assistindo ao filme o Golpe Duplo sem saber exatamente do que se tratava, e garanto que o filme tem um ritmo muito bom e interessante que te traz definitivamente para dentro do mundo de golpes e roubos de Will Smith.

O filme usa e abusa do glamour da vida de golpes de Will Smith, que ganha contornos de sensualidade logo no começo com a presença de Margot Robbie, uma ladra/golpista novata que sem saber já está sendo recrutada pelo veterano golpista.

Neste momento o filme ganha uma dinâmica muito interessante, envolve quem assiste com grande facilidade, as cenas de treinamento da Margot Robbie e os golpes/roubos pelas ruas de New Orleans são atrativas e dominam bem tudo que acontece, até que o filme chega ao seu ápice, durante o Super Bowl.

As cenas de aposta de Will Smith e Margot Robbie com o milionário chinês, vivido por B.D. Wong são fáceis e interessante, o filme, mesmo dentro de um camarote de estádio consegue manter a dinâmica das cenas externas e ganha contornos interessantes de comédia, suspense e drama.

As cenas apresentam sutileza, (desculpem o spolier a partir de agora) nos enganam perfeitamente como enganam o milionário chinês e a bela e encantadora Jessa (Margot Robbie) e o golpe final é realmente interessante, inclusive a forma como Will Smith conta todo o golpe é impressionante, é até aceitável (se você não pensar muito).

Porém, o filme ainda tem um longo tempo, o golpe final, não era o golpe final e temos ainda uma viagem para Buenos Aires alguns anos depois, e nessa nova etapa do filme tudo desanda, se o filme era nota 3.0/3.5 na primeira parte, na segunda o filme cai e muito, perde a dinâmica, o glamour e força ainda mais algumas situações, ou seja, vai direto ao desastre.

É uma pena, mas na segunda etapa do filme tudo falha, Will Smith parece mais canastrão, Margot Robbie parece realmente uma Maria Padoque, a trama fica sem graça, comum e termina de forma ainda mais fraca, pois força uma situação entre o personagem de Will Smith e o segurança de Rodrigo Santoro, que é muito, muito fraca e finaliza o filme sem força alguma e de forma nada inteligente, bem diferente dos golpes que vimos na primeira parte do filme.

Até,
André C.

Nota Filme 2.0

focusGolpe Duplo (Focus – 2015)
Sinopse: Nicky (Will Smith) é um trapaceiro profissional que é escolhido como vítima por uma iniciante na profissão, Jess (Margot Robbie). Ele se deixa levar pelo golpe para desmascará-la no momento certo. Decepcionada, Jess insiste para que Nicky lhe ensine seu método de trabalho e a aceite na equipe. Após uma certa relutância, Nicky não apenas concorda como se envolve romanticamente com ela, indo contra uma de suas principais regras.
Direção: Glenn Ficarra e John Requa.
Roteiro: Glenn Ficarra e John Requa.
País: EUA
Duração: 105 minutos
Elenco: Will Smith (Nicky), Margot Robbie (Jess), Adrian Martinez (Farhad), Gerald McRaney (Owens), Rodrigo Santoro (Garriga), BD Wong (Liyuan) e Brennan Brown (Horst).

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts