Cowboys & Aliens

Cowboys & Aliens

Zapeando estes dias comecei a ver Cowboys & Aliens, pois pensei que até poderia ser interessante trazer Aliens para o meio do oeste americano, já que normalmente os Aliens são retratados no cinema como mais evoluídos que o homem, então me perguntei por qual motivo eles esperariam anos para vir até a Terra? Ou seja, parecia algo interessante, mas no final o filme não foi nem um bom faroeste e nem uma boa ficção.

Cowboys & Aliens até se esforça para ser um bom faroeste, porém deste lado da trama o único que se destaca é Daniel Craig, que vive um típico herói dos filmes de bang-bang, pois ao mesmo tempo que é violento e rápido no gatilho, tem ainda um resto de humanidade. O ator vai muito bem e deixa claro que se sente bem ao passear pelo velho oeste, porém mesmo recheado de personagens típicos dos filmes de faroeste (a mulher forte, o xerife que não tem poder e o vilão que domina a cidade e o povo) o filme não tem aquela alma dos bons e velhos bang-bangs, mas mesmo assim é a melhor parte do filme e o que garante a nota dele.

É a melhor parte porque ao aparecer os tais Aliens, que eles chamam de demônios, o filme se perde completamente. Deixa de ser um razoável faroeste e fica longe de ser uma boa ficção, pois parece claramente que os Aliens foram apenas jogados ali, sem um roteiro de verdade.

A bagunça é tanta que nem os atores parecem acreditar no filme, pois são muitos erros no roteiro feito por Damon Lindelof e um monte de outros escirtores, um deles (um dos maiores) é que a personagem de Olivia Wilde alega que eles precisam atacar os Aliens de dia, pois eles não enxergam, porém os bichinhos atacam perfeitamente os humanos de dia, apesar de que no começo eles realmente só aparecem de noite. Outro erro é que nas tomadas da batalha final toda hora parece que tanto Aliens quanto humanos, após diversas mortes, continuam com o mesmo número de “guerreiros”, parece que eles se multiplicam constantemente na tela. E outra coisa que fica meio sem muito nexo é o fato dos Aliens capturarem os humanos, se eles querem só ouro, e nunca tinham sido notados, para que capturar humanos? Descobrir nossas fraquezas? Qual o motivo? Ah! Sem isso não teria a luta entre as duas raças, e o filme acabaria em 30 minutos!

Apesar de assustadora a premissa para o filme era boa, mas foi mal executada, com um roteiro falho e criado apenas para encher o bolso de alguém, uma pena, o filme no fim fica perdido entre o faroeste e a ficção.

Até,
André C.

Cowboys & Aliens (Cowboys & Aliens – 2011)
Sinopse: Em 1873, no Arizona, um homem chamado Jake Lonergan acorda sem nenhuma memória de seu passado, e com um misterioso bracelete em seu pulso. Ele entra na cidade de Absolution, onde descobre que ele é um criminoso notório procurado por muitas pessoas, incluindo o Coronel Woodrow Dolarhyde, que comanda a cidade com punhos de ferro. Porém Absolution enfrenta uma ameaça maior quando uma força misteriosa ataca a cidade do céu, matando todos no caminho
Direção: Jon Favreau
roteiro: Roberto Orci, Alex Kurtzman, Damon Lindelof, Mark Fergus, Hawk Ostby, Mark Fergus, Hawk Ostby e Steve Oedekerk baseados no comic book de Scott Mitchell Rosenberg.
Elenco: Daniel Craig (Jake Lonergan), Harrison Ford (Woodrow Dolarhyde), Olivia Wilde (Ella Swenson), Buck Taylor (Wes Claiborne), Clancy Brown (Meacham), Paul Dano (Percy Dolarhyde), Sam Rockwell (Doc), Ana de la Reguera (Maria), Noah Ringer (Emmett Taggart) e Keith Carradine (Sheriff John Taggart).

Nota Filme: 1.5

One thought on “Cowboys & Aliens

  1. […] ainda podemos destacar 12 Horas, Espelho, Espelho Meu, Cowboys & Aliens, E Aí… Comeu?, Os 3 Mosqueteiros e Entre Vinhos e Amores que realmente ficaram abaixo daquilo […]

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts