72 Horas

72 Horas

Assisti ao filme 72 Horas sem saber direito sobre o que se tratava, já que não li a sinopse do filme, e logo no começo tinha certeza de que se trataria de mais um bom filme sobre a luta de um homem tentando provar a inocência da sua mulher e que este homem não pouparia esforços para tirar a sua mulher da prisão.

E até um momento o filme tratava exatamente disso, pois mostrava a transformação de um pacato professor em um homem obcecado em salvar a sua mulher, seja da prisão ou da depressão em que se encontrava.

Porém o filme se perde um pouco quando transforma o drama vivido pelo marido em ação e daí por diante vira um filme totalmente comum e que só não vira um filme fraco pela ótima atuação de Russell Crowe, é o ator que segura as pontas com muita qualidade.

Por sorte o diretor Paul Haggis tinha um ótimo ator vivendo o marido, pois se fosse um ator inciante ou sem a mesma força interpretativa de Crowe o filme não engrenaria em nenhum momento.

72 horas tem ótimos momentos, mas podeira ter brincado muito mais com o espectador se realmente colocasse a todo o momento a dúvida se Lara Brennan (Elizabeth Banks) realmente era a culpada, mas isso ficou de lado praticamente até a cena final.

Até,
André C.

72 Horas (The Next Three Days – 2010)
Direção: Paul Haggis
Roteiro: Paul Haggis baseado no filme Pour elle de Fred Cavayé e Guillaume Lemans
Elenco: Russell Crowe (John Brennan), Elizabeth Banks (Lara Brennan), Michael Buie (Mick Brennan), Jason Beghe (Detective Quinn), Aisha Hinds (Detective Collero) e Liam Neeson (Damon Pennington).

Nota Filme: 3.0

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts