Fórmula de Sucesso?

Fórmula de Sucesso?

O que faz um filme se tornar um grande filme? Com certeza se alguém tivesse a resposta certa e exata desta questão venderia para os grandes estúdios e seria uma das pessoas mais ricas do mundo.

Bem, parece que o pessoal da Universidade Cornell, em Nova York, liderada por James Cutting descobriu a fórmula de sucesso: truques de edição, que montam cenas com um mesmo comprimento que e que se repetem em padrões pelo filme. Dizem eles, que esta repetição imita o tempo de reação de uma pessoa, fazendo com que ela fique mais atenta a tela, gerando sucessos.

Bem, para saber mais, clique aqui no link da Info e leia/entenda mais sobre esta pesquisa.

Mas me pergunto, será que isso realmente é verdade? Você acredita que apenas edição bem feita e truques podem transformar um filme em um sucesso?

Veja meu caso, meu Cult, meu filme preferido é Felicidade Não se Compra de Frank Capra, mas que em casa divide a mesma gaveta de DVDs com Clube da Luta, Meu Ódio Será Sua Herança, De Volta Para o Futuro, etc. Filmes completamente diferentes, mas que por algum motivo me agradam. Será que preciso rever eles e com um cronômetro ver se as cenas realmente possuem um padrão? Sinceramente, acho que não é este o motivo por eles estarem na minha gaveta de DVDs, apesar de ser um teste curioso.

Quem acompanha o blog sabe que gosto de filmes de todos os tipos, e não consigo definir exatamente um padrão para que um filme seja um sucesso com este que vos fala, mas por outro lado sei o que realmente não me agrada. Filmes de ficção normalmente são filmes que não me atraem, principalmente aqueles que eu acho viagem demais, que tratam coisas que nem minha mente de engenheiro consegue visualizar como algo real daqui alguns anos.

Porém adoro histórias de Vampiro e Lobisomens, mesmo sabendo que estes assuntos também são viagens da nossa mente e que não acontecem ou acontecerão numa realidade. Então seria este um padrão para mim?

Não, com certeza não, podemos ter nossas preferências em tudo, na música, na comida, na mulher ideal, porém isso não quer dizer que você não vá gostar disso ou daquilo.

Resumindo, acho complicado definir um padrão para que um filme seja sucesso ou não, ainda mais nos dias de hoje com um cinema comercial e que aposta na propaganda como a grande alma do negócio. O importante é continuar fazendo cinema e buscar a formula sagrada que pode transformar um simples roteiro (ou em alguns casos roteiro nenhum) em um sucesso mundial, de público e crítica.

Até,
André C.

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts