Semana da Mulher: Cate Blanchett

Semana da Mulher: Cate Blanchett

Neste dia tão especial para as mulheres a homenageada é uma mulher que já viveu Rainhas, já foi Katharine Hepburn e até Bob Dylan, foi de Ladies e até professoras suspeitas, hoje homenageio o talento, a beleza e a classe de uma grande atriz australiana, Cate Blanchett.

Acho que impossível achar alguém que goste de cinema e que não lembre pelo menos uma vez que tenha visto Cate Blanchett na tela e tenha pensado: que baita atriz!! Ou quem ainda não a conhecia e pensou: Quem é esta atriz impressionante? Bem, até 1998 esta atriz era praticamente desconhecida para o cinema internacional, mas ao viver de forma magistral a Rainha Elizabeth I no filme Elizabeth (1998), Cate Blanchett deu o passo que faltava para sua carreira ser reconhecida no mundo todo, ao ser indicada ao Oscar de Melhor Atriz (sim, ela também perdeu para Gwyneth Paltrow). E desde então ela não parou de trabalhar e de ganhar elogios, indicações e prêmios.

Assim como muitas atrizes, Cate Blanchett foi criada no teatro é hoje uma das diretoras do Sydney Theatre Company, atuando sempre que pode em peças de teatro, como em Uma Rua Chamada Pecado de Tennessee Williams, em que atuou 2009. Aliás, até 1999 a atriz atuava constantemente no teatro, atuando, dirigindo e produzindo, depois de um longa pausa atuou novamente em 2004, e desde 2009 vem atuando novamente todo ano nos palcos, principalmente no Sydney Theatre Company.

Mas sendo no palco ou nas telas, Cate Blanchett sempre mostrou versatilidade, como disse no começo deste post a atriz já viveu a Rainha Elizabeth I por duas vezes, em Elizabeth (1998) e em Elizabeth: A Era de Ouro (2007), e foi indicada ao Oscar por estes dois trabalhos (é a única atriz a ser indicada pelo mesmo personagem duas vezes), alias em 2008, além de concorrer pela A Era de Ouro, ela também concorreu como Atriz Coadjuvante por levar a tela um curioso Bob Dylan, no filme Não Estou Lá (2007).

Mas a bela atriz já levou seu Oscar de Atriz Coadjuvante para casa, por seu trabalho como uma das grandes divas do cinema Katharine Hepburn, em o Aviador (2004) e também foi indicada ao viver uma professora que se envolve sexualmente com um aluno de 15 anos, em Notas de Um Escândalo (2006). Além do Oscar (1 prêmio em 5 indicações), Cate Blanchett coleciona prêmios e indicações em outros festivais: Australian Film Institute ( 3 prêmios em 4 indicações), BAFTA (2 prêmios em 5 indicações), British Independent Film Award (1 indicação), Critics Choice Award (1 prêmio em 6 indicações) e Globo de Ouro (2 prêmios em 7 indicações)

Como podemos ver Cate Blanchett é uma atriz completa, fora de série e não existe papel impossível para ela, parece que tudo que ela pega, ela transforma em algo único e inesquecível, sem dizer que uma atriz que tem admiradores de todos os lados, aclamada pela crítica e idolatrada por fãs que a veneram como Galadriel, da trilogia Senhor dos Anéis e agora de Hobbit. Cate Blanchett é daquelas atrizes que conseguem tirar o fôlego de quem tem o prazer de ver um filme em que ela atua, pois ela é versátil, forte, presente, e consegue ser sensual, linda e irresistível, mas também pode ser feia, sem graça e desprezível. Pode atuar com igual maestria no drama, na comédia, na ação e no suspense, realmente não importa o gênero, não importa o tamanho do papel, Cate Blanchett irá fazer algo excepcional!!!

Até,
André C.

5 thoughts on “Semana da Mulher: Cate Blanchett

  1. Trin

    Cate é maravilhosa. A melhor atriz do mundo nos últimos 12 anos.

  2. MINHA ATRIS CONTENPORANÊA PREFERIDA!

    1. MINHA ATRIZ CONTEMPORANEA PREFERIDA,SEM ESQUECER A NICOLE KIDMAN! GOSTO MUITO DAS DUAS!!!!!!

    2. HIIIIIIII….!!!!!ESQUECI DA UMAH THURMAN Q TBM CURTO!

    3. kkkkkkkkkkk, hooo!!! memoria…..

Leave a Comment

Por favor preencha o algarismo que falta para enviar o comentário. *

Related posts