Uma Noite de Crime: Anarquia

Uma Noite de Crime: Anarquia

Em 2014 quando vi o primeiro Uma Noite de Crime falei que a premissa do filme acabou se perdendo no meio dos clichês e torcia que a sequência do filme soubesse recuperar essa premissa interessante, porém o que vi nesta sequência foi que a premissa quase se perdeu por completo num banho previsível de clichês de filmes de ação e terror. Infelizmente o resultado aqui é muito inferior ao original, até temos um roteiro que retrabalha a premissa do original com a guerra entre classes, pois fica claro que durante…

Entre Segredos e Mentiras

Entre Segredos e Mentiras

Aproveitando meu primeiro mês de graça do Netflix a gente acaba vendo alguns filmes mais antigos, como por exemplo Top Gun (eu nunca tinha visto) e esse aqui Entre Segredos e Mentiras. Entre Segredos e Mentiras é um filme que beira o suspense, namora o drama, brinca de thriller e pensa que é um filme de investigação/documentário, mas no fundo o diretor Andrew Jarecki não faz o filme decolar em nenhum dos gêneros. Entre Segredos e Mentiras é um filme de ficção baseado nos misteriosos fatos que envolvem a família…

Uma Noite de Crime

Uma Noite de Crime

Desde que vi o trailer eu estava querendo assistir The Purge ou Uma Noite de Crime (como foi pessimamente chamado no Brasil), e vou ser sincero, por algum tempo o filme foi muito bom no suspense, na boa trama e como a coisa toda se desenrolava, mas um pouco mais da metade o filme se torna previsível e com clichês, deixando de lado o roteiro interessante e o bom suspense inicial. The Purge, que seria bem melhor traduzido como sendo Purgação, Purgatório ou até Dia de Redenção, é um filme inteligente…

No One Lives

No One Lives

Outro filme que vi aos 45 do segundo tempo em 2013 foi o terror/suspense No One Lives que apesar de ter um início bacana, uma boa reviravolta (um pouco previsível) e um ator se esforçando para fazer algo mais, o filme não engrena e não decola, se tornando apenas mais um filme de serial killer que mata sem dó todo mundo que vê pela frente. O filme do japonês Ryûhei Kitamura, que ganhou destaque pelo filme O Último Trem, não decola por um simples motivo a trama tem “vilões” fracos…

Não Conte à Ninguém (2006)

Não Conte à Ninguém (2006)

Normalmente pensamos em filme francês como aquele filme lento e que faz uma análise profunda sobre o homem e seus relacionamentos, porém o que temos em Não Conte à Ninguém, do diretor e ator Guillaume Canet, é um Thriller de ótima qualidade com grandes momentos, muita perseguição e uma trama bastante interessante, apesar do final um pouco novelesco demais. O ótimo François Cluzet é um pacato médico que 8 anos após perder a esposa, em um assassinato brutal, recebe mensagens alegando que ela ainda está viva, tudo acontece ao mesmo…

Catch .44

Catch .44

Faz tempo que queria ver Catch .44 por causa de Deborah Ann Woll e a decepção só não foi maior porque o filme dura apenas longos 94 minutos, sem nunca apresentar nada que te prenda a atenção ou que mostre um algo a mais do que um filme que bebe no estilo Tarantino com pequenas doses de Guy Ritchie. É exatamente isso que eu disse acima, o diretor Aaron Harvey não inova e não cria nada de atrativo neste filme que tem todos os elementos tirados dos filmes de Tarantino…

Drive

Drive

Quase todos os lugares que leio falando sobre Drive consideram o filme um cult ou uma nova visão do cinema ou ainda um novo Pulp Fiction, mas eu, sinceramente, acho exagero, uma vez que acho que Drive é apenas um bom filme, com um ator em excelente forma e uma atriz promissora no papel da mocinha, mas falta ao filme algo mais forte no roteiro que justifique toda a sua ação. Não sou um grande fã de Ryan Gosling, mas em Drive é preciso tirar o chapéu para o ator,…

Ao Vivo!

Ao Vivo!

Totalmente sem querer comecei a assistir ao filme Ao Vivo, um filme com uma ideia muito interessante, com um bom elenco, mas que perdeu sua coragem com o decorrer do tempo e o acabou transformando em um filme comum, com certa tensão no ar é verdade, mas poderia ter sido mais ambicioso. Cade vez mais vivemos em uma sociedade que se expõe, uma sociedade que gosta de saber da vida do outro, se não sou de assistir BBB ou programas similares, admito que uso Facebook, Twitter e Foursquare, ou seja,…

Abutres

Abutres

Um conhecido meu definiu Abutres como um filme meio deprê, mas eu acho que apesar de ser um filme extremamente pesado, Abutres se trata de um grande filme dos cinema argentino, pois consegue denunciar, além de misturar drama e suspense quase na dose certa. O diretor Pablo Trapero tem grande valor na condução do filme, pois pouco a pouco vai se aprofundando na dura e triste realidade de um povo que é usado por aproveitadores que vão desde um motorista de ambulância até médicos, passando, obviamente, por advogados de beira…

Sedução

Sedução

Sedução tem uma ideia muito bacana, mas a lentidão e uma história sem muitos momentos de emoção tornando o filme cansativo e desinteressante. Apesar do esforço de Eva Green (Mrs. G), Juno Temple (DI) e María Valverde (Fiamma) o filme realmente não decola, pois a diretora deixa os melhores momentos do filme para o final, repetindo muitas passagens diversas vezes, fazendo com que a estória ficasse dando voltas no mesmo lugar, sem progredir e olha que mesmo assim o filme tem momentos de muito interesse e que te prende a…